The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Os Blogues

(via This Isn’t Happiness)

Por um fenómeno estranho, enquanto estive de férias o meu acesso à net foi desaparecendo. Primeiro foi o meu Mac e o meu iPod Touch que perderam, ao mesmo tempo, o acesso à internet. Todos os outros computadores da zona funcionavam perfeitamente. Meia hora antes de voltar, enquanto arrumava as coisas, reparei que já tinha acesso à net.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design

Viagens, livros e filmes

Hoje preparo-me para ir de férias, o que é um acto difícil para mim. Embora não me desgoste a viagem em si, os preparativos enchem-me de angústias leves: o que levar e o que não levar, como arrastar a mala até ao destino (e se perder qualquer coisa, e se tiver que ficar à espera). Quando vou de férias, levo o dobro ou o triplo dos livros e dos filmes que poderia razoavelmente ver durante esse tempo (e enquanto não volto, vou comprando livros como se não tivesse nenhuns).

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Não é bem design, mas...

A República dos Designers

No site do jornal O Diabo, apareceram mais desenvolvimentos do caso Cayatte. Além de se fazer um resumo da situação até agora, adiantaram-se declarações da historiadora Fernanda Rollo, comissária ligada às comemorações do Centenário da República.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Política, ,

Um Designer Português

Por distracção não reparei que já havia um link à minha recensão sobre o livro Sena da Silva no site do Público. Aqui fica o link.

Filed under: Design

Limited Language

Foi publicado um texto meu sobre ética no livro Limited Language, coordenado por Colin Davies e Monika Parrinder e editado pela Birkhäuser. Originalmente escrito em Inglês, aparece uma tradução desse texto intitulada “A Ética Laboral do Designer” no meu livro, Design em Tempos de Crise.

Filed under: Design

Sena da Silva no Ípsilon e outras notícias.

Saiu hoje no Público uma recensão que escrevi ao livro Sena da Silva, coordenado por Bárbara Coutinho e com design de Jorge Silva. Quem esteja pelo Porto, pode assistir a uma conferência deste último na Esad de Matosinhos às cinco da tarde.

Mais tarde podem assistir ao lançamento da publicação Ámanhã, da Braço de Ferro, às 22 no Passos Manuel. Também vão estar à venda os últimos números da segunda edição do Design em Tempos de Crise.

Por último, e mudando de assunto, há um ou dois posts elogiei a administração de Obama em relação à sua política na Internet. Pelos vistos, foi cedo demais.

Filed under: Design

A década

Quase nem dava conta que a década está a acabar – lembrei-me graças às listas que têm aparecido por aí. Assim, por necessidade de reflexão resolvi fazer a minha própria lista da década, que não é uma lista de compras, apenas um inventário pouco sistemático daquilo que me consigo lembrar dos últimos dez anos.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Design

O Preço Certo II

Em relação ao caso do portal do Centenário da República, fiquei a saber entretanto mais um ou dois pormenores: segundo parece, tanto Cayatte como a Presidência da República preparam comunicados procurando esclarecer a situação, dizendo (ao que consta) que o site actual do Centenário é apenas uma versão provisória, que irá ser substituída em Janeiro por um site definitivo, entretanto desenvolvido pelo estúdio de Cayatte.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Design, Política, ,

Se o meio é a mensagem…

A New Yorker é das poucas revistas que leio de uma ponta à outra. Se não o faço é mais por falta de tempo que de interesse. Os artigos costumam ser bons; a temática, variada (embora pairando à volta de Nova Iorque); quando não consigo ler mais nada, sobram-me os cartoons. É comum andar com uma na mochila ou debaixo do braço e foi por isso que um amigo meu me comentou que as capas do Jorge Colombo para a New Yorker não tinham jeito nenhum: porque se haveria de valorizar uma ilustração apenas porque foi feita com um iPhone?

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Ilustração, Publicações, ,

Mário Moura

Esta é a minha biografia.

Se a estão a ler para tentarem perceber se "eu sou alguém", se acreditam que só depois de lerem o meu cv é que podem levar-me a sério, concordar ou não comigo, nem vale a pena continuarem a ler. Se vieram aqui por isso, leiam os meus textos: todos os argumentos importantes estão lá.

Dito isto: escrevo sobre design, cultura, política há uns nove anos. Faço-o regularmente aqui. Menos regularmente em jornais (Público, i), revistas e livros. Alguns dos meus textos foram reunidos no livro Design em Tempos de Crise, editado pela Braço de Ferro (está esgotado).

Dou também conferências regularmente. Nas Belas Artes do Porto, nas Belas Artes de Lisboa, na Esad das Caldas da Rainha, na Esad de Matosinhos, na Experimenta Design, no ciclo Ag – Prata, por exemplo. Dei um ciclo de 6 conferências sobre Livros na Culturgest de Lisboa entre 2011 e 2012.

Tenho uma tese de mestrado sobre a estética da programação (já soube fluentemente dezasseis linguagens de programação – Java, C++, Basic, Javascript, ActionScript, Lingo, Starlogo, PostScript, Proce55ing (quando ainda se escrevia assim), etc. Mas é preciso praticá-las, e eu não tenho feito isso; suponho que acabei por enjoar, mas de vez em quando sinto o chamamento; faço o que posso por ignorá-lo).

Fiz uma tese de doutoramento sobre autoria no design.

Já ensinei perto de vinte cadeiras distintas, distribuídas pelas Belas Artes do Porto e Lisboa, e pela Faculdade de Engenharia do Porto: gostei de uma que dei sobre Autoria; gosto de ensinar edição e bookdesign; também gosto de história e crítica. Tipografia e criação de tipos, dou quando tem que ser (não desgosto).

Se alguém quiser uma bio mais resumida, respeitável e copy/pastável:

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico. Escreve no blogue ressabiator.wordpress.com. Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.


História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média


Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 497 outros seguidores