The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

"Com o devido respeito…"

No filme Hollywood Ending, de Woody Allen, há um personagem que me faz lembrar certos designers portugueses: é um produtor de cinema que só diz coisas do género “Com o devido respeito, acho isso uma bosta” ou “Tal Pessoa é muito inteligente, mas mais valia estar calada” ou ainda “Falando construtivamente, isto devia ser proibido”. É um hábito que não é nem educado nem frontal e que, sinceramente, reduz a zero a credibilidade de quem o pratica.

De qualquer das formas, aplica-se muito bem à “””coragem“”” e à “””frontalidade“”” do espírito que reina no design português — só consigo escrever estas palavras entre muitos pares de aspas e em itálico. Na “””frontalidade corajosa do design português“”” não há substantivo insultuoso que não seja amplificado por um adjectivo paternalista.

Filed under: Ética, Crítica, Design, Política

2 Responses

  1. João da Concorrência diz:

    Mais uma!:

    “Tu até tens estilo e percebes o que se pretende deste concurso. Mas não fazes a mínima ideia do que é cantar.”

  2. João da Concorrência diz:

    Mais uma!:

    “Tu até tens estilo e percebes o que se pretende deste concurso. Mas não fazes a mínima ideia do que é cantar.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: