The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

O Design Público

portugal_marca_1.jpg

Quando estava a tirar o curso de design, lembro-me de ter discutido muitas vezes com os meus colegas e professores o logótipo de José de Guimarães para o Turismo de Portugal. Para nós, era uma humilhação ter sido um “pintor” e não um designer a conceber algo que, para todos os efeitos, simbolizava tanto a nossa identidade nacional como a bandeira ou o hino. De certa maneira, aquele logótipo representava o atraso e a ignorância nacionais em relação à nossa área, o design.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Filed under: Ética, Burocracia, Crítica, Cultura, Design, Economia, Logos, Política, , , , ,

Uma Partida Sincera?

jamesmillington01.jpg

Em 1883, os editores londrinos Field & Tuer, da Leadenhalle Presse, publicaram um panfleto, assinado por um tal James Millington, propondo uma alteração radical ao acto de ler. Na sociedade moderna, argumentava ele, somos obrigados a ler em condições muito pouco favoráveis – em comboios em movimento, com pouca luz, apressadamente, etc.

A solução seria optimizar a direcção de leitura: ao lermos apenas da esquerda para a direita, desperdiçamos o tempo e o esforço de deslocar os olhos para o começo da linha seguinte; lendo alternadamente da esquerda para a direita e da direita para a esquerda, o problema ficaria resolvido. Evidentemente, a ideia não pegou e, hoje em dia, pouca gente se lembra de James Millington e de Are we to read backwards? or, What is the best print for the eyes?

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, História, Linguagem, Publicações, Tipografia, , , , ,

Nada

revista_nada__1.jpg

Quando vejo uma boa peça de design gráfico pela primeira vez, sem aviso, numa livraria ou nas mãos de alguém, a sensação é sempre a de uma inevitabilidade que, por alguma razão, se manteve inesperada até àquele preciso momento. Como não pensei naquilo antes? Porque não estive a em casa a trabalhar dia e noite para fazer uma coisa assim? Foi o que senti quando vi, numa tabacaria, a capa do primeiro número da revista Nada.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Apropriação, Crítica, Design, Publicações, ,

A Cultura em Versão Demo

ps-1.png

O primeiro Photoshop que usei foi o 1.0.7, que corria num Macintosh IIfx na velha sala de computadores das Belas Artes. Com a ajuda de um colega mais experiente, digitalizei uma fotografia a 150 dpi, uma tarefa que levou pouco mais de meia hora, gasta sobretudo em tempo de espera. Atrás de mim, uma fila de cinco ou seis colegas olhava com desconfiança para a barra de progresso que se tinha imobilizado há alguns minutos. Os mais fatalistas opinavam de vez em quando que o computador tinha “crashado”, embora tudo tenha acabado por correr bem.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Cliente, Computador, Cultura, Design, Economia, Ensino, , , ,

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico. Escreve no blogue ressabiator.wordpress.com. Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias