The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Bons e Baratos

Um bom exercício para descobrir o litro de leite mais caro do super é ir atrás dos pacotes mais brancos; depois, dos que têm fontes com serifas e, se quisermos o nosso Nestum com leite de primeira, levamos aquele com a forma mais exótica, mais sobre o comprido. Se, pelo contrário, quisermos leite barato, basta usar os critérios que usaríamos para escolher um bom cartaz de circo – muita cor e muitas fontes. Os sinais manifestos de design são, em geral, os mesmos de uma etiqueta de preço bem preenchida.
Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Ilustração, Publicações, , ,

A Pedra de Toque


A propósito do design de instituições culturais e da gestão das suas imagens gráficas, acaba-se quase sempre por falar nos cartazes, que se tornam assim o símbolo gráfico mais visível da cultura; logo a seguir vêm os catálogos e, por vezes, mais raramente, as revistas institucionais. Mas quando se trata de avaliar a qualidade do design de uma instituição ou de um evento, prefiro dar uma olhadela à sua programação.
Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Publicações, ,

Design > Designers

Outro dia, um amigo chamou-me a atenção para o concurso da nova imagem da Ordem dos Arquitectos. Ele achava estranho que uma das condições para concorrer fosse ser membro de uma das associações de design, a AND e a APD. A inscrição só era obrigatória se não se tivesse o curso de design e era precisamente isso que causava uma certa estranheza.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, ,

Coisas com Piada

A minha carreira profissional começou na Banda Desenhada. Foi aí que fiz os meus primeiros trabalhos pagos, o que pode parecer estranho num país como Portugal, onde muitas coisas – como a BD, as artes em geral e, claro, o Design – não costumam ser pagas pelo simples facto de não se parecerem com coisas que costumam ser pagas.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Banda Desenhada, Crítica, Cultura, Design, Ensino, Publicações

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico.

Autor do livro O Design que o Design Não Vê (Orfeu Negro, 2018). Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias