The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

As palavras difíceis

FRDavid-Spring09

Qual é agora a diferença entre um livro e uma revista? Já houve uma altura em que as revistas eram coisas breves e ligeiras; agora podem ser tão volumosas como enciclopédias e tão encadernadas como uma. Dantes eram coisas efémeras, que se liam e deitavam fora; hoje podem ser mais luxuosas e caras do que a maioria dos livros.

Das poucas diferenças que ainda é possível apontar é que uma revista é periódica, mesmo que o seu ritmo seja indeciso ou rarefeito. Por exemplo, a única coisa que, à primeira vista, me denunciou a F. R. David como sendo uma revista (e não um livro de (ou sobre) alguém chamado F. R. David) é o facto de ter, ao topo da capa, por cima do nome da revista, uma estação do ano em Inglês – “Spring 2009” ou “Summer 2008”. Fora isso, até podia ser um livro de bolso francês pequeno e branco, impresso com cores planas e não uma daquelas revistas excêntricas que têm aparecido na Holanda durante a última década – penso sobretudo na Dot Dot Dot, da qual Will Holder o designer e um dos editores da F. R. David, é colaborador habitual.

Folheando-a, a primeira impressão é literária: textos alinhados à esquerda num corpo generoso, alternando com algumas imagens a preto e branco e recortes de textos. Pelos nomes dos autores, indicados ao cimo das páginas ou no índice – que aparece numa tira de papel que funciona como marca-livros –, percebe-se que não estamos perante uma publicação normal: no meio de autores menos conhecidos, aparecem Roland Barthes, Charles Dickens, Ítalo Calvino, Thomas Pynchon, Maurice Merleau-Ponty. Trata-se evidentemente de uma antologia excêntrica – não seria possível justificar a presença deste conjunto de autores de outra maneira.

Mesmo assim, pelo alinhamento dos textos e das imagens, não é fácil perceber o tema de cada um dos números ou até da própria revista mas, pensando um pouco, chega-se lá: F. R. David é um cantor, conhecido sobretudo pelo êxito dos anos 80 “Words don’t come easy”, canção que funciona como uma espécie de lema geral da revista – que se foca, segundo diz a contracapa, no “estatuto” da escrita na prática da arte contemporânea; um contexto onde as palavras não surgem facilmente, com toda a certeza.

O número da primavera de 2009, por exemplo, trata de coisas que estão para além da linguagem, do modo como o silêncio faz e não faz parte da linguagem. Do conjunto de contribuições aparece um artigo sobre o vazio, que inclui pequenos ensaios sobre diversos géneros de não-preenchimento; uma peça de teatro onde não aparecem falas, apenas indicações de cena; um texto de Mark Twain argumentando que só os mortos têm liberdade de expressão; a descrição de uma batalha legal sobre os direitos de autor da peça silenciosa de John Cage; um ensaio sobre a disputa entre os que apreciam a conversa miúda e os que a detestam, usando Virgínia Woolf e os seus conhecidos como exemplo; a discussão sobre a possibilidade de um conjunto de crianças abandonadas nas Galápagos desenvolverem espontaneamente uma linguagem. São contribuições tangenciais, que constroem e confirmam o tema da revista de forma inesperada, mas quase sempre muito interessante.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Publicações

5 Responses

  1. consumista diz:

    compraste cá no porto? onde?

  2. Comprei-as na Matéria Prima, que agora funciona no mesmo espaço que a Galeria Dama Aflita, na rua da Picaria, no Porto.

    Também tenho que agradecer ao Paulo Vinhas (da Matéria Prima) e à Sofia (da Fbaul), por me terem recomendado a F R David.

  3. […] destes meteoritos é a F. R. David (sobre a qual já escrevi há uns tempos). Cada número tem na lombada uma das letras do nome da revista. Não consegui […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: