The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Design de Regime

Apropriadamente, na véspera do 25 de Abril deste ano, encontrei na feira de alfarrabistas que costuma haver aos Sábados na rua ao lado da Bertrand do Chiado uma publicação curiosa, um bocadinho roída pelo bicho e escurecida pelo sol, mas ainda assim em bom estado, um ensaio visual sobre o governo de Marcelo Caetano, entre 1968 e 1973.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, História, Publicações

O Contexto do Design Português e Como Falar Dele

A história é comum ao ponto de se tornar trivial: um designer qualquer assume um cargo público que não tem directamente a ver com a prática do design, e acaba um dia a fazer ele mesmo o design da instituição, não por isso fazer parte das competências do seu cargo, mas porque é um designer que – além de o ser – exerce um cargo público. Esse designer hipotético estaria a ser pago duas vezes para fazer duas actividades distintas. No fundo, funcionaria como duas pessoas, trabalhando uma para a outra, o que levanta uma questão: para quem iria a sua lealdade em caso de conflito – para a instituição ou para o seu próprio interesse enquanto designer praticante? Por outras palavras: se a decisão dependesse apenas dele, o designer despedir-se-ia se a instituição achasse que precisava de um designer mais barato? Ou se a instituição decidisse produzir internamente o seu próprio design? Em qualquer outra profissão esta situação seria considerada um conflito de interesses. No design, é uma história banal. Toda a gente conhece uma ou duas.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Crítica, Cultura, Design, Política

Design e Museus?

Soube por um artigo no Público, que o Museu do Design e da Moda (Mude) inaugurou há um ano. No seu aniversário, apenas desejo que o design gráfico estivesse mais presente no Mude. O aspecto inacabado da arquitectura pode ser argumentado, sabe-se que é intencional, mas o mau design gráfico e a infografia negligente não. São um péssimo exemplo para todo o género de museus portugueses, onde o design gráfico é habitualmente tratado como uma mera formalidade. É triste (e não apenas no Mude) que se invista dinheiro na melhor arquitectura e nas melhores exposições, desleixando o design gráfico, que funciona como interface quotidiano entre a instituição e o seu público.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arte, Crítica, Cultura, Design

As Cidades Ainda Mais Invisíveis

Entre os livros de ficção que não têm imediatamente a ver com design mas onde ele desempenha um lugar central na narrativa encontra-se The City & The City, do escritor inglês China Mièville, sobre duas cidades-estado ficcionais do leste da Europa, vizinhas mas rivais, com línguas, politicas e culturas distintas se não mesmo antagónicas.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arquitectura, Crítica, Cultura, Design, Design Especulativo, Não é bem design, mas..., ,

O Porto?

© Martino e Jana


Depois do texto da semana passada, onde conclui que já não havia uma cena de design no Porto,  torna-se necessária uma clarificação posterior: ainda existe trabalho interessante a ser produzido no Porto. Um bom exemplo, no que diz respeito ao design mais independente, é a Braço de Ferro, a editora do Pedro Nora e da Isabel Carvalho que, além de já terem publicados mais de vinte títulos incluindo o primeiro número de um panfleto sobre design chamado Lebre, têm também um espaço na Rua da Alegria, o Navio Vazio, onde têm feito todo o género de eventos: exposições, instalações, vendas, etc. Dentro do design mais mainstream, João Faria, R2, Martino e Jana têm continuado também a fazer bom trabalho.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design

História muito abreviada do design no Porto

Nos últimos anos, tenho ouvido frequentemente que o design do Porto é interessante, que existe aqui uma cena, um estilo. Poder-se-ia atribuir isso à existência de um ou outro designer talentoso que, através do seu trabalho estimularia a qualidade do trabalho dos seus colegas, mas o talento não adianta muito sem condições externas que o suportem e estimulem. Quais foram essas condições, neste caso? O que permitiu a existência de uma cena de design no Porto?

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Economia, Ensino, Exposições, História

A Folga

Ainda mais desilusões: neste momento, estamos entre Abril e Maio e para quem escreve ou fala regularmente sobre design começou a época alta: inexplicavelmente toda a gente precisa de um texto ou de uma conferência. Chegam-me a pedir dois ou três (textos ou conferências) por semana e é difícil dar vazão aos pedidos.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico. Escreve no blogue ressabiator.wordpress.com. Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias