The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

“Printers and Designers”, Herbert Spencer

Tenho coleccionado sempre que posso os livros que Herbert Spencer desenhou, escreveu ou editou durante a sua longa carreira, e tenho a certeza que, dada a quantidade, vai ser uma colecção que nunca hei-de completar. São publicações bonitas, com um “toque” bastante distinto do actual, que vivem do próprio peso e textura das páginas e do modo como a tinta é ainda uma coisa palpável e não apenas o vestígio de um arranjo de pixeis num ecrã. Esse cuidado é perfeitamente visível em qualquer número da Typographica ou na primeira edição dos Pioneers of Modern Typography, e não reproduz bem – precisa de ser sentido para ser realmente compreendido.

No seu trabalho de editor há uma indiferença às querelas entre o design, a arte, a fotografia e os detalhes  mais técnicos da impressão que mesmo hoje em dia parece quase milagrosa. Recentemente, encontrei o seu primeiro livro “Design in Business Printing”, de 1952 1951, um ensaio discreto e fluído sobre a necessidade de aplicar as tácticas das vanguardas à impressão publicitária e aos estacionários de empresas, cheio de reproduções de papéis de carta e de poemas futuristas, defendendo – entre outras coisas e para escândalo dos seus colegas – que em certas ocasiões o texto alinhado à esquerda até podia ser mais eficaz. Para reforçar o seu argumento e testar as convicções do leitor, uma das páginas do livro é alinhada inesperadamente deste modo, parecendo, à primeira vista, um erro, até se ler a justificação da experiência. Esta página discreta mas polémica é um vestígio documental do conservadorismo do design da altura e das dificuldades que um autor/editor/designer como Spencer enfrentava ao seguir as suas convicções.

A história do design está cheia de conflitos que hoje em dia parecem absurdos mas que marcaram as suas épocas como se fossem guerras com mortos e feridos. É feita também de anexações mais ou menos traumáticas, onde o design conquistou definitivamente responsabilidades  a outras áreas profissionais, sem que tenham sobrado vestígios da dureza dessas campanhas. São particularmente interessantes as relações do design com a tipografia, ligações que se crêem directas e suaves, mas que um exame mais atento revela serem descontínuas, frágeis e combativas.

Spencer foi um observador astuto deste género de tensões, tendo dedicado alguns dos seus textos ao seu mapeamento. Encontrei recentemente um pequeno livro de apenas doze páginas, com uma encadernação de capa dura de  lombada mínima, a edição de um discurso proferido no Double Crown Club em 1963, destinada a ser distribuída pela audiência e tratando precisamente da relação entre designers e impressores, que Spencer acreditava vir a mudar radicalmente devido ao uso crescente do offset e da fotocomposição que começava na altura a substituir os caracteres de chumbo. Escrevia ele que, ao contrário do que se passava até então, no futuro a maioria do design, incluindo a própria composição, começaria a ser feito por designers independentes e não nas tipografias, dando-lhes responsabilidades para as quais não estavam de todo preparados (tinha toda a razão).

O texto viria a reaparecer mais recentemente numa recolha de Ruari McLean, e merece, mais do que nunca, uma nova leitura.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Tipografia

One Response

  1. […] da hora, quando já estava a pagar, pelo contraste extremo da lombada fina que me fez lembrar a do Printers and Designers. Com o desconto que me fizeram é provável que tenha sido gratuito – não sei, porque trouxe […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Lia Ferreira em Por um lado
Jose Mateus em Censura em Serralves
L. em Lisboa Cidade Triste e Al…
Mário Moura em Livro
João Sobral em Livro

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: