The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Melguices

É daquelas coisas a que já me devia ter habituado: de vez em quando alguém me apresenta como o Mário Moura, aquele do blogue – e garanto-vos que se consegue ouvir perfeitamente o itálico na voz da pessoa. Como se escrever para um blogue fosse por si só uma coisa menos respeitável.

Quando só escrevia para o blogue lembro-me de alguém dizer que a verdadeira crítica só nos jornais – nada dessa coisa dos blogues –; quando comecei a escrever para os jornais é provável que tenham dito que, afinal, a crítica respeitável só na televisão ou na New Yorker, ou então que tinha de ser produzida num âmbito académico e legitimada por um júri dos pares, etc.

Em outras ocasiões, alguém ainda me convida para alguma coisa dizendo que escrever sob a alçada da sua instituição ou projecto me vai trazer finalmente outra legitimidade.

Noutras ainda, alguém diz que escrevo demais, dando a entender que se deve guardar os esforços para a ocasião certa. Mas, se todos sabemos que a quantidade não é, só por si equivalente a qualidade, também é verdade que isso é aplicável tanto ao que se faz demais quanto ao que se deixa por fazer. Na maior parte dos casos, não fazer nada significa apenas isso mesmo.

Filed under: Crítica, Não é bem design, mas...

One Response

  1. Hélder Mota diz:

    Talvez seja por eu ser ainda muito verdinho,
    Mas eu pensava que em vez de: “… dizendo que escrever sob a alçada da sua instituição ou projecto me vai trazer finalmente outra legitimidade.”, seria mais do género: “se eu tiver a sorte que um dia escreva sobre um projecto meu, talvez o mesmo será muito mais tido em conta”.

    O título deste texto poderia muito bem ser a palavra inveja.

    Muito se critica quem tenta, quem falha, quem arrisca, etc.
    Na maioria dos casos é inveja ou medo de perder o lugarzinho de destaque que o autor (deste género de críticas “eu acho”) ocupa no mundo, dentro do seu imaginário.

    O valor daquilo que criamos não reside no suporte que o acolhe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: