The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Pequenas e boas

Não tem data, mas é do tempo em que consumir sardinha em lata era apoiar a indústria nacional e gerava emprego, um belo panfleto cheio de ideias para as cozinhar – grelhadas, em crepes, com presunto, sanduíches – e ainda secções dedicadas ao atum e às anchovas. Tudo muito sério, interpelando directamente a dona de casa: “V. Ex. que tão bem sabe o que representa em trabalho, imaginação e… dinheiro, a apresentação diária, às horas das refeições, de pratos originais e atraentes, não deixará decerto de nos ficar reconhecida e quando, esta tarde, o seu marido voltar das suas ocupações, ficará encantada por lhe ser servida uma iguaria tão diferente da vulgaridade”. Uma lindíssima capa mostrando um padrão quase abstracto de sardinhas, sobre um fundo patriótico e ilustrações a duas cores a meio caminho entre o cubo-futurismo e a caligrafia decorativa.

 

Update:

Entretanto recebi um comentário de Carlos Rocha que reproduzo abaixo identificando a autoria e a data deste livrinho:

“Caro Mário Moura:

 

Na capa está lá tudo, a assinatura do designer, a agência e a data.
O designer assina fk ou seja Fred Kradolfer (1903-1968).
A agência é o ETP-Estúdio Técnico de Publicidade fundado em 1936 pelo designer José Rocha (1907-1982) meu tio, e que foi o coordenador desta campanha e de que existem mais folhetos e também uma embalagem de promoção.
A data é 1937.
Como eu e meu tio decidimos, em 1982, fundir o ETP com a Letra, que eu iniciei em 1972 e que usa até hoje a designação de Letra ETP, sou detentor de todo espólio da ETP que para além do Fred contou com a colaboração da Maria Keil,
Bernardo Marques, Ofélia Marques, Carlos Botelho, Thomaz de Mello, Emmérico Nunes, Stuart Carvalhais, Carlos Rocha (meu pai), José Feio, Paulo Ferreira, Jorge Matos Chaves, Carlos Ribeiro, Carlos Rafael, Eduardo Anahory.

 

Se vir nisso interesse posso enviar as imagens que tenho relativas a esta campanha.

 

A bem da ignorada História do Design em Portugal.

 

Carlos Rocha”

Aqui fica uma ampliação da assinatura em questão:

 

 

Advertisements

Filed under: Crítica, Cultura, Design, História, Publicações, Publicidade

5 Responses

  1. Bem, a verdade é que dificilmente existiam à venda sardinhas estrangeiras em portugal (bem sei que o país das sardinhas é o mar, mas enfim =)

    Começa a ser difícil lembrarmo-nos mas a globalização não foi sempre tão global (existiam um proteccionismo enorme às importações, com taxas alfandegárias a condizer e isto até meados dos anos 80)

    Ah, mas mais importante, fantástica esta peça que mostras, mesmo sem data será da década de 50? Alguma pista da autoria? É um puzzle imenso isto da história do design português, boa sorte com os alfarrabistas!

    ah, e claro. está subentendido que consumir sardinha em lata ainda é apoiar a indústria nacional e gerar emprego (como é que o estado gasta dinheiro na sua promoção é que já será uma questão mais difícil de responder….)

  2. Carlos Rocha diz:

    Caro Mário Moura:

    Na capa está lá tudo, a assinatura do designer, a agência e a data.
    O designer assina fk ou seja Fred Kradolfer (1903-1968).
    A agência é o ETP-Estúdio Técnico de Publicidade fundado em 1936 pelo designer José Rocha (1907-1982) meu tio, e que foi o coordenador desta campanha e de que existem mais folhetos e também uma embalagem de promoção.
    A data é 1937.
    Como eu e meu tio decidimos, em 1982, fundir o ETP com a Letra, que eu iniciei em 1972 e que usa até hoje a designação de Letra ETP, sou detentor de todo espólio da ETP que para além do Fred contou contou com a colaboração da Maria Keil
    Bernardo Marques, Ofélia Marques, Carlos Botelho, Thomaz de Mello, Emmérico Nunes, Stuart Carvalhais, Carlos Rocha (meu pai), José Feio, Paulo Ferreira.Jorge Matos Chaves, Carlos Ribeiro, Carlos Rafael, Eduardo Anahory.

    Se vir nisso interesse posso enviar as imagens que tenho
    relativas a esta campanha.

    A bem da ignorada História do Design em Portugal.

    Carlos Rocha

    • Muito obrigado pela informação.Nem tinha dado conta da assinatura e data até o ter assinalado, mas de facto lá está. E é claro que gostava de ver as imagens da campanha. Se nãp vir inconveniente nisso, gostava de poder colocar o seu comentário como uma adenda ao texto principal.

      Aqui fica uma ampliação:
      pormenor da assinatura

  3. […] breve artigo sobre o pequeno e belíssimo livro de receitas para sardinhas em lata que encontrei num […]

  4. Joana Reis diz:

    Boa tarde caro Mário Moura,

    Li no seu blog que encontrou esta relíquia num alfarrabista em Lisboa, que grande achado!

    Sou estudante de Design e estou, neste momento, a desenvolver um trabalho sobre Fred Kradolfer, abordando mais este tema das sardinhas de conserva.
    Gostaria de lhe pedir, se fosse possível, se me podia enviar imagens das ilustrações existentes no interior do livro pois, não consigo encontrá-las em lado algum… Agradecia imenso a atenção!

    Obrigada,
    Joana Reis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: