The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

“Finanças Sãs e suas Consequências”

(via Miguel Soares no facebook, originalmente daqui)

Na foto de Mário Novais, um arranjo cenográfico imponente na exposição de Paris de 1937 a mostrar o equilíbrio das contas públicas conseguido por Salazar. O título do gráfico “Portugal País Equilibrado: Finanças Sãs e suas Consequências”, apoiado pela montagem fotográfica de soldados, marinheiros e de jovens a fazerem a saudação fascista, dá a entender que a obsessão pela saúde das finanças e aquela coisa da ditadura se calhar até estão ligadas. Ainda assim, bela solução em relevo quase abstracto para os gráficos que ladeiam a tabela central.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Exposições, Política, Prontuário da Crise

One Response

  1. […] apenas um retrocesso mascarado. Já nem falo de rebobinar a história até ao Marcelismo, ao Estado Novo ou mesmo à Grande Depressão.¹ É preciso ir um pouco mais […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Lia Ferreira em Por um lado
Jose Mateus em Censura em Serralves
L. em Lisboa Cidade Triste e Al…
Mário Moura em Livro
João Sobral em Livro

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: