The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Sardinhas

O breve artigo sobre o pequeno e belíssimo livro de receitas para sardinhas em lata que encontrei num alfarrabista de Lisboa levaria a que fosse identificado pelo designer Carlos Rocha como parte de uma campanha produzida em 1937 pelo ETP-Estúdio Técnico de Publicidade, e coordenada pelo seu tio, o designer (e fundador do estúdio) José Rocha, com design do incontornável Fred Kradolfer. Actualmente, o espólio faz parte da encarnação seguinte da empresa, a Letra ETP, fundada em 1972 por Carlos Rocha – a quem aproveito para agradecer  as imagens que acompanham este texto: uma embalagem, um padrão para papel de embrulho, duas ilustrações onde o monograma de Kradolfer é bem visível e um anúncio.

 

É um testemunho da qualidade gráfica desta e de outras campanhas, que a sardinha em lata, que acumulava as desvantagens de ser a versão industrial e por isso mesmo artificial de um alimento barato e vernacular, associado com as classes mais baixas, se tenha tornado num símbolo de identidade nacional. Actualmente, tanto pode ser comprada por necessidade como por nostalgia, consumida como uma iguaria gourmet ou pela nostalgia colorida das suas embalagens.

Para quem tenha paciência para esperar entre as hordas de turistas e o restolhar permanente das suas máquinas digitais, a Conserveira de Lisboa da Rua dos Bacalhoeiros (mesmo ao lado do Terreiro do Paço), é o sítio ideal para as comprar a preços mais ou menos acessíveis no seu ambiente natural – as prateleiras carcomidas de uma velha mercearia tornadas vivas pelos padrões de cores vibrantes. Para quem a queira consumir sobre tostinhas mais ou menos elaboradas, pode tentar o Sol e Pesca, um barzito que ocupa uma antiga loja de acessórios de pesca desportiva quase debaixo de um dos arcos da Rua do Alecrim, onde a iguaria é servida no meio das vitrines coloridas eriçadas de anzóis e dos cartazes anunciando hierarquias exóticas  de iscas com grandes olhos concêntricos de plástico.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, História

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: