The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Utilidade negativa

Tal como há um conceito de espaço negativo no design, deveria haver talvez uma forma de utilidade negativa, não o mesmo que inutilidade, mas uma utilidade apontada numa direcção diferente, que contrabalançasse a obsessão actual pela prática, em acreditar que fazer é sempre melhor do que estar parado.

Poderia ser uma forma de crítica, de teoria, de resistência, de passividade (ou até de esperança), no sentido em que todas elas se opõem frequentemente ao pragmatismo.

Se a intensidade desta utilidade negativa fosse igual à da positiva, as duas anular-se-iam; se fosse diferente, a utilidade podia começar a mexer-se noutra direcção; podia até aparecer uma nova utilidade, se não houvesse nenhuma antes.

Assim, tal como um espaço só é negativo para quem não percebe verdadeiramente o conceito, a utilidade nunca é na realidade negativa, apenas uma opção no meio de outras tantas.

(Texto escrito para o livro Useless da EXD’11, editado pelo Frederico Duarte e com design de Ian Anderson. Imagem via Experimenta.)

Anúncios

Filed under: Ética, Crítica, Cultura, Design, Política

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: