The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

A K no (P)

“Sem nenhuma formação especial, apenas a noção de que nasci com olhos para a composição e com a moral necessária para saber que uma folha em branco é qualquer coisa de precioso – é preciso ter muito cuidado para a ‘sujar’ com letras, riscos ou cores –, balancei sempre entre o fascínio pela agressividade e o rigor dos construtivistas soviéticos, os do vermelho e do preto sobre o branco, e a sofisticação e o rigor do grande Alexey Brodovitch, talvez o maior de todos. E nunca me esqueci do português José Pacheco, amigo de Pessoa e de Almada, e responsável pela extraordinária revista Contemporânea, que bom título, muito melhor que Moderna. Imune à confusão do pós-modernismo, por formação, convicção e distância, estive perto de um grupo que se designava por ‘Gráficos Perpendiculares’ e de um outro que defendia a ‘linha clara’. Percebem, não é verdade?”

João Botelho, autor do projecto gráfico da K, num dos melhores textos do catálogo (P) Portugal 1990-2005. 145 palavras que dizem muito.

Filed under: Design, Publicações

One Response

  1. […] Brodovitch (mencionado pelo seu então parceiro de grafismo João Botelho num texto reproduzido no Ressabiator) até ao incontornável Neville Brody, passando pelo igualmente transversal Pioneers of Modern […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: