The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Are We To Read Sdrawkcab?, 1884

Chegou-me hoje pelo correio, um livrito minúsculo, mas que me pode ajudar a decidir um mistério antigo.

Desde há anos que andava atrás de Are We To Read Sdrawkcab? Tanto pode ser um dos mais antigos tratados sobre legibilidade em tipografia como uma das primeiras paródias da obsessão dos designers por tipografia. Vem citado com destaque em obras tão sérias como Modern Typography, de Robin Kinross, ou Visible Word, de Herbert Spencer – o que parece fazer pender a balança para o lado sisudo – mas Millington, o autor, também tinha uma carreira ligada à comédia, tendo escrito a introdução da edição inglesa de English As She Is Spoke,*  um guia de conversação português-inglês de tal maneira inepto que se tornou um fenómeno de culto internacional, reeditado até hoje – a Atlas Projectos publicou há pouco tempo uma versão facsimilada. Conforme se pode ver nas imagens que ilustram este post, os exemplos usados em sdrawkcab são páginas de English As She Is Spoke – o que acrescenta probabilidade à hipótese da comédia.

Bem, vou lê-lo e depois digo qualquer coisa.

*A da edição americana foi escrita por Mark Twain.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, História, Publicações, Tipografia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: