The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

As linhas do pensamento

Em tempos de crise vai-se cortando na cultura, às vezes de maneira directa outras de maneira indirecta. Por exemplo, a precariedade dos empregos obriga à viagem constante. No meu caso, ando sempre com aulas, conferências e textos um pouco por todo o lado. Já pensei em tirar finalmente a carta, mas ainda vou resistindo. Andar de carro pode ser rápido, mas não é para mim uma maneira muito produtiva de viajar. Não é possível ler, escrever ou apenas dormir enquanto se conduz. Num comboio, pelo contrário, faz-se tudo isto muito facilmente. Para mim é uma espécie de sala de biblioteca sobre rodas. Com um portátil e uma boa bateria, se possível uma tomada, não há alternativa melhor. Fechar linhas também torna o país mais burro.

Filed under: Crítica, Cultura, Política, Prontuário da Crise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: