The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

A lei do mais frique

Pelos vistos, o Ministério Público sugeriu que os três homens detidos durante o despejo da Fontinha fossem condenados a cumprir trabalho comunitário. Não se pode dizer que a sentença seja dura, apenas que parece um bocadito injusta, talvez até absurda. Nem sei se consigo resumir: propôs-se aplicar uma pena de trabalho comunitário a gente que se recusou abandonar um projecto de trabalho comunitário que, apesar de louvável, foi um erro porque estava no caminho de outro projecto comunitário.

E ainda se aconselhou um dos arguidos, um arquitecto, a criar “brigadas para ajudar em casas de idosos que estão degradadas”. É pena que Rui Rio ainda não possa ser considerado um idoso, o que só tornaria mais óbvia a ironia. Se calhar o réu até podia fazer um estudo para recuperar os telhados e as casas de banho da Fontinha. Em todo o caso, sugerir a um arquitecto para formar brigadas demonstra algum conhecimento histórico mas, uma vez mais, revela também algum humor: é como condenar o membro de um grupo de cidadãos que fazia “uma experiência laboratorial de socialismo libertário numa zona degradada” a voltar ao 25 de Abril (não este mas o original) e às Brigadas do SAAL.*

Não seria mais fácil – e justo, para não dizer barato – deixá-los a fazer o que já estavam a fazer?

(Por outro lado, ocorreu-me agora outra possibilidade. Já é sabido que a justiça portuguesa tem os seus problemas e esta sentença pode ser apenas uma maneira bem intencionada – embora trôpega – de os resolver, em particular aquela ideia que há uma justiça distinta para classes distintas. Essencialmente condenar um trabalhador comunitário a continuar a fazer trabalho comunitário é aplicar o mesmo género de pena que se aplicou no caso dos submarinos, do freeport ou do BPN – só o crime é que é distinto. Olho por olho, dente por dente.)

* —”25 de Abril Sempre!”

—”Não! Senhor Doutor Juiz! Tudo menos isso!”

About these ads

Filed under: Crítica, Política, Prontuário da Crise

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários recentes

miguel coimbra em Sizolatria
Joana Vilhena em Sizolatria
Guy Amado em Escrever Bem
nitrofurano em Ganhem Vergonha
nitrofurano em Hã?

Arquivos

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 545 outros seguidores

%d bloggers like this: