The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Desigualdade

O debate em torno do Crescimento vs Austeridade já cansa, porque nas análises mais simplistas se limita a uma oposição grosseira entre despesa e poupança, entre o Estado investir ou não, quando o primeiro problema não é de todo esse.

A pergunta que deveria ser respondida antes de tudo o resto é se qualquer uma das soluções propostas para a crise aumenta ou diminui a desigualdade (social, económica, etc).

Qualquer resposta que dê a entender directa ou indirectamente que a desigualdade é estrutural (irremediável) deveria ser posta fora do baralho até arranjar uma maneira convincente de lidar com isso.

Se qualquer solução implica sofrimento, a pergunta deveria ser sempre: “por parte de quem?”

Bastaria ver que, em Portugal, os salários médios e baixos descem cada vez mais enquanto os mais altos sobem para saber a resposta. A nacionalização das dívidas e prejuízos de grandes dimensões (banca e PPPs), obrigando o cidadão comum a pagá-los através dos seus impostos e perda de direitos só o confirma.

Anúncios

Filed under: Ética, Economia, Política, Prontuário da Crise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: