The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Abundância em Tempo de Crise

Ainda não estou de férias. As aulas terminaram e as avaliações também. Faltam ainda relatórios, mas já é possível dedicar mais atenção a outras coisas.

Neste momento, termino alguns projectos de longo curso, dos quais ainda não posso falar, o que significa passar boa parte do dia a escrever, aproveitando o balanço que sobra para actualizar o blog.

Têm sido dias bastante cheios. Já é o quinto Verão seguido que acumulo a escrita com as férias, primeiro por causa da tese, depois (desde o ano passado) por causa dos tais projectos.

Quando este ano lectivo de 2011-2012 começou, assumi que iria ter tempo para os meus próprios projectos. Porque tinha acabado o doutoramento mas principalmente por causa da crise. Calculei que não haveria dinheiro para investir em escrita ou eventos sobre design, e estava enganado: nunca participei em tantos eventos, nem escrevi tantos textos sobre design, boa parte deles pagos.

Foi uma abundância que me apanhou de surpresa. Habitualmente não há problema em aceitar convites porque só muito raramente se atropelam uns aos outros. Este ano cheguei ao ponto de aceitar escrever um texto, pedido por duas pessoas diferentes na mesma ocasião, só para descobrir que se tratava de dois. Comecei a usar mais regularmente a agenda e a fazer planos de escrita.

Ainda não consigo explicar esta abundância, mas tenho algumas hipóteses, que em muitos casos não se excluem umas às outras, mas podem perfeitamente conviver.

1) Apesar da crise, ainda se está a empregar o resto do dinheiro atribuído em anos anteriores, portanto esta abundância é a queima dos últimos cartuchos.

2) Para conseguir financiamentos, as instituições (e em particular as universidades) têm, cada vez mais, de estar sempre a organizar eventos, exposições, publicações, que servem também como publicidade para os alunos que já têm e como chamariz para os alunos que esperam ter. É um mercado competitivo.

Mas, se há muitos incentivos para organizar coisas, é sempre preciso alguém para produzir os conteúdos, sejam eles conferências ou textos. E aí entram as pessoas como eu.

3) Há muita gente a produzir conteúdos e investigação sobre design, mas boa parte dela resume-se ao modelo do relatório académico, literalmente uma escrita conformada, onde é tão importante mostrar que se percebe as obrigações formais como a argumentação usada ou mesmo o que se quer demonstrar. A legitimação a que é sujeita também limita o seu alcance público, caindo-se no ridículo de sacrificar a actualidade e a pertinência locais em troca de uma internacionalização meramente formal (a publicação numa revista com peer-review, etc.) e sem outras consequências que uns pontos na avaliação de carreira.

Resumindo, é uma produção uniformizada, de grande escala, que deixa todo o espaço para uma escrita mais dura, regular e sobretudo pública, política. Que não se preocupe tanto com as fronteiras disciplinares, formais ou temáticas.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Ensino, Não é bem design, mas...

3 Responses

  1. João Cid diz:

    Por falar em abundância e entusuasmo, para quando uma opinião sobre a Pli 2 da Esad?

    • Se for uma opiniãozinha, pode ser já: gostei mais do alinhamento de artigos que a primeira e achei o design mais estimulante, embora difícil de guardar. No meu próprio artigo, que era pequenino, o arranjo de página era tão elaborado que mal o consegui ler.

      • João Cid diz:

        Obrigado. É que quase ninguém diz nada a sério a näo ser bater palmas. Se houverem mais opiniõenzinhas, melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Lia Ferreira em Por um lado
Jose Mateus em Censura em Serralves
L. em Lisboa Cidade Triste e Al…
Mário Moura em Livro
João Sobral em Livro

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: