The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Todas as Manifestações são Ridículas

Professor Marcelo: “Eu disse que iam ser manifestações ridículas e foram manifestações ridículas. Esse tipo de manifestação – com o devido respeito pelos manifestantes que têm todo o direito em democracia de se manifestarem – já aconteceram [no passado] em casos pontuais, específicos. As pessoas independentemente de não gostarem do Governo ou dos ministros não vão fazer manifestações daquelas [que] são votadas ao insucesso”.

Na verdade, vão. Uma manifestação não tem pré-requisitos de tamanho ou de qualidade. Vai-se ou não se vai, conforme a disponibilidade para apoiar uma causa.

Se são bem sucedidas ou não, isso só depende de gente como o Professor Marcelo, que nunca dirão que é bem sucedida: se é pequena, é ridícula; se tem objectivos definidos, é porque não foi espontânea; se é grande, é porque não tem um objectivo definido; etc. Já há todo um breviário para demonstrar o ridículo de qualquer manifestação.

Mas se são ridículas é por demonstrarem que ninguém no poder, na televisão ou nos jornais lhes liga. São a forma mais simples e democrática de participação democrática. Basta dar, muito literalmente, o corpo ao manifesto. O tamanho do seu ridículo é o da nossa democracia.

Filed under: Crítica, Cultura, Não é bem design, mas..., Política, Prontuário da Crise

One Response

  1. Diogo diz:

    Como as cartas de amor 🙂
    Gostei do tíitulo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: