The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Robin Fior

20120930-233917.jpg

Segundo o Expresso, morreu Robin Fior, designer, que tive a oportunidade de conhecer depois de uma das minhas conferências e cuja tese de doutoramento sobre Sebastião Rodrigues li com prazer. Fica aqui uma fotografia sua da Typographica 7, antes de se mudar para Portugal (é o do meio da página esquerda).

Anúncios

Filed under: Design

“Vão Estudar o Relvas”

“Que os empresários que se apresentaram contra a medida (TSU) são completamente ignorantes, não passariam do primeiro ano do meu curso na faculdade, isso não tenham dúvidas” – tendo em conta os altos cargos ocupados neste governo por políticos completamente ignorantes que também não passaram no primeiro ano do curso (e mesmo assim têm o curso), se calhar António Borges só estava a dizer que os empresários até davam bons ministros.

(Citação vinda daqui)

Filed under: Política, Prontuário da Crise

Novos Heróis

20120929-212104.jpg

Filed under: Design

António Borges pôs o sumo de limão

Depois de ler os comentários de António Borges, não me resta senão diagnosticar-lhe uma variante particularmente grave do Síndroma de Dunning-Kruger.

Filed under: Design

Blast the Austeroids!

Filed under: Política, Prontuário da Crise

Manifestação II

Entretanto já me disseram (alguém que disse a alguém) que ir a Lisboa vai custar 50 euros, portanto algumas pessoas vão aos Aliados ver o que se está a passar/manifestar-se. Ainda não sei as horas.

Filed under: Notícias Breves

Manifestação

Desta vez estou no Porto e estava convencido que se ia passar aqui qualquer coisa, mas já me disseram que a concentração só vai ser em Lisboa. É pena. Mas esta insistência semanal parece-me importante para que não se desvalorize a gravidade da situação, acumulando-se com isso novas imagens, novos slogans, novos argumentos.

Filed under: Notícias Breves

Mercado de Valores (ou estátuas a vender automóveis)

Quando ouvi Passos a citar uma parte substancial de Os Lusíadas, pensei: lá está ele, aconselhadinho pelo marketeiros de serviço, a apelar aos sentimentos nacionais, ao heroísmo tradicional dos portugueses, tradicionalmente pontuado de medo e reticências (mas tudo se resolve no fim).

Depois pensei que o mais provável é já ninguém confiar numa única palavra que pareça ter saído do cérebro do Primeiro Ministro, seus colegas ou assessores, portanto mais vale pô-lo a dizer o que outra pessoa já disse. Uma citação clara. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Cartaz, Crítica, Cultura, Design, Economia, Política, Prontuário da Crise, Publicidade

Últimos Dias

Entre todas as desgraças diárias que nos mandam os jornais começa a ser difícil escolher uma, a que seja mais urgente comentar. Esta semana por exemplo, muitos opinadores, com melhores ou piores razões, ponderaram o risco de uma saída do Euro.

Daniel Oliveira fez um bom comentário no Expresso. José Manuel Fernandes e Domingos Ferreira fizeram-no no Público de hoje, em páginas consecutivas, mas demonstrando que se pode defender a mesma premissa de modos radicalmente distintos.* Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Conversa

Ainda estou meio engrenado depois do debate de ontem com o José Bártolo, o Frederico Duarte (e a própria audiência, muito participativa). Teve um âmbito bastante amplo que se escapou ao tema proposto “Quem tem medo do design português?” Antes, a minha resposta seria “Ninguém?” Ao longo da conversa, a questão virou-se do avesso e acabou por tratar dos medos do design: o emprego, o ensino, a sociedade, a história, o marketing, entre outras coisas que metem medo. Para além disso, também se tratou das coisas que embaraçam. Exemplos: o CPD, a sinalética do Metro do Porto ou da própria Escola do Porto (eu sei que não é uma escola no sentido físico, mas, se ninguém soubesse onde fica, ninguém dava com ela).

Filed under: Conferências, Design, Notícias Breves

Come e cala

A propósito de Maria Teresa Horta, apareceu o argumento do costume: que se não queria receber o prémio das mãos deste Primeiro Ministro, não o deveria receber de todo. O Daniel Oliveira já deu uma resposta perfeitamente satisfatória a essa objecção: que o prémio e a figura que o entrega são duas coisas distintas, que podem e devem ser separadas.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Política, Prontuário da Crise

Histórias de quando o € era fixe

Tenho um projecto, informal e nada sistemático: coleccionar artefactos de quando o Euro era fixe. Comecei com nomes de empresas, agora encontrei dois jogos de tabuleiro. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Economia, História, Política, Prontuário da Crise, ,

Ajuste de Contas

Dos cortes feitos às fundações, como em todos os outros, fica a ideia de arbitrariedade, capricho e até uma mesquinhez mal disfarçada. O caso mais gritante é ter-se cortado a totalidade do apoio dado à fundação com melhor classificação, a Casa de Mateus, e que se destinava inteiramente a financiar o mesmo prémio que Maria Teresa Horta se recusou a receber das mãos do Primeiro Ministro.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arte, censura, Crítica, Cultura, Política, Prontuário da Crise

Primavera da Treta

Às vezes, no meio da treta nasce uma flor.

Quando o Governo começou a pôr em prática a sua Austeridade, aumentando impostos, eliminando directa ou indirectamente postos de trabalho, muita gente protestou, mobilizando-se em manifestações bem recheadas, por vezes tensas, com jornalistas espancados e manifestantes presos.

Foi-se percebendo que interessava ao Governo passar a imagem lá para fora de uma população que, com uma ou outra excepção, não gostava dos sacrifícios mas, não lhes vendo alternativa, os acatava. Amarfanhou-se a indignação com o conformismo e o medo, e apresentou-se o resultado como resignação: os portugueses tinham tomado a decisão de acatar o remédio azedo que lhes era imposto. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Política, Prontuário da Crise

Fábulas

Parece que as fábulas estão na moda. Tentemos uma nova. Vamos chamar-lhe “O Bom Aluno”. Pelo nome não parece muito inovadora. Até já ouvimos qualquer coisa do género. Mas se calhar é uma fábula diferente com o mesmo nome. Ou então é uma reinterpretação, como aquelas onde a Bela é o Monstro, a Cigarra é a boa da fita ou os Porquinhos tramaram o pobre do Lobo – vamos dar o benefício da dúvida.

Era uma vez uma escola, uma turma onde a maioria dos alunos já tinham passado de ano. O exame tinha sido difícil mas, melhor ou pior, tinham conseguido. Todos menos dois. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Gosto pois

 

Do João Alves Marrucho. Gostei de o ver na rua, impresso e colado. Contrasta bem com as cores estridentes, fotográficas e letras arredondadas dos outros posters, mas ao mesmo tempo também se desfaz na parede. À distância, parece quase um papel rasgado. Mantém um toque modernista nas letras, mas o contraste esborratado lembra alguns dos habitantes da Emigre (Keedy, etc.). Quando já só faltava aplicar o estilo holandês aos folhetos do continente, é bom ver outras coisas, igualmente depuradas, mas mais estranhas.

Filed under: Cartaz, Crítica, Cultura, Design

Revista & etc 10

Já tinha falado da revista & etc por aqui. Durou menos de dois anos, entre 73 e 74, servindo de modelo aos livrinhos que se seguiram. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Publicações

Quem tem medo do design português?

Só para dizer que vou participar num debate sobre o design português com José Bártolo e o Frederico Duarte. É já nesta quinta, dia 27, às 18h00, no auditório da Esad de Matosinhos.

Filed under: Conferências, Notícias Breves

A Riqueza Envergonhada

Na semana passada, dizia-se num jornal que a pobreza envergonhada está a desaparecer – não a pobreza, claro, apenas a vergonha de ser pobre. A antiga classe média já começa a pedir ajuda – comida, roupa – sem esconder a cara. Com tanta gente a sofrer há tanto tempo, a pobreza já se tornou uma identidade e não apenas um “mau momento”.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Economia, Política, Prontuário da Crise

Identidade

Desde há meio século, quando alguns aficcionados tentaram importar o conceito para Portugal, que o design tenta descobrir qual será a sua identidade por estas bandas. Há, é claro, muitas respostas possíveis, mas as mais óbvias têm sido institucionais: criar estruturas que ensinem, investiguem e legitimem o design – escolas, museus, leis, publicações –, algumas com mais sucesso do que outras. Sempre tentando, enquanto se consolidava a posição por aqui, ir acompanhando o que se fazia lá por fora.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Política, Prontuário da Crise

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico.

Autor do livro O Design que o Design Não Vê (Orfeu Negro, 2018). Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias