The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Mercado de Valores (ou estátuas a vender automóveis)

Quando ouvi Passos a citar uma parte substancial de Os Lusíadas, pensei: lá está ele, aconselhadinho pelo marketeiros de serviço, a apelar aos sentimentos nacionais, ao heroísmo tradicional dos portugueses, tradicionalmente pontuado de medo e reticências (mas tudo se resolve no fim).

Depois pensei que o mais provável é já ninguém confiar numa única palavra que pareça ter saído do cérebro do Primeiro Ministro, seus colegas ou assessores, portanto mais vale pô-lo a dizer o que outra pessoa já disse. Uma citação clara.Não podia ser de um economista (qualquer nome que fosse, ia pôr toda a gente aos saltos); não podia ser de um político (porque ninguém os tem em boa conta). Tinha que ser alguém infinitamente respeitável e que não desse um ar popularucho (aquela coisa do “Que se lixe” ainda não foi inteiramente esquecida). Portanto, só podia ser o Camões (o Saramago era Comunista e o Pessoa era demasiado irónico).

Mas é claro que o toque nacionalista está lá.

Na mesma veia e mostrando o que os departamentos de marketing acham que os portugueses desejam,  apanhei esta semana dois mupis da Renault, de semiótica bem sumarenta. Antes de mais: não se anuncia um modelo de carro (aliás, não aparece carro em sítio nenhum) mas simplesmente uma garantia de cinco anos.

Para o fazer recorre-se às estátuas de dois portugueses heróicos. Não as próprias figuras, que poderiam ser encarnadas por modelos, mas as suas estátuas, preferindo demonstrar solidez, tradição e autoridade. Assume-se que quem vê o poster as conhece. E pergunta-se, em tom de desafio, se haverá português que não conheça também a qualidade Renault (dando a entender que um mau português não a conheceria). São posters que apelam, não muito subtilmente, ao nacionalismo como dever, apontando o dedo ao espectador e perguntando “E tu?” – uma esquema bem próximo de certos cartazes de recrutamento.

Nada de produto, apenas valores: a garantia e o nacionalismo (que, estranhamente, não vem aqui associado ao futebol, uma das poucas áreas onde aparece com regularidade); a ideia de ser português como uma qualidade em si mesma e não como uma forma de ironia – o oposto de campanhas como o “Vá para fora cá dentro”, que vendiam o país como um estrangeiro de recurso, de marca branca.

Filed under: Cartaz, Crítica, Cultura, Design, Economia, Política, Prontuário da Crise, Publicidade

2 Responses

  1. Realmente a campanha oferece interpretações distintas no papel e na TV. Concordo com a tua interpretação dos mupis, acentuada com a assinatura, DRIVE THE CHANGE, da marca. O video por outro lado é muito mais leve e sugere uma interpretação mais “cómica” da coisa. No video passam duas ideias. A ideia das figuras representadas serem os portugueses que não conhecem a qualidade Renault, porque enfim, na altura não havia Renault (“LOL”), e também a ideia do “Será que ouvi bem? 5 anos de garantia? Isto é muita bom, deixa-me parar tudo e ouvir outra vez que isto é qualquer coisa de extraordinário!”

    Apesar das semelhanças formais/gráficas que partilham (fonte, cor, estátuas, brand guidelines, …), as campanhas (TV + impresso) comunicam claramente em dois tons de voz opostos. Até que ponto é intencional a discrepância, numa altura em que publicidade na TV é cada vez menos vista é que não sei.

  2. Quando li o teu comentário, fiquei a pensar que não tinha visto a campanha na tv, mas de facto já a tinha visto, mas o tom e as imagens são realmente tão distintas ao ponto de, tirando o produto anunciado, não haver ligação formal.

    Mas mesmo assim o apelo ao patriotismo embora mais leve e quase trocista continua lá.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: