The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Concertação, ética e civismo

A discussão mais séria e central sobre a crise portuguesa e as suas consequências não é entre quem se ilude achando que não vamos empobrecer (a caricatura que se vai fazendo da esquerda) e quem se ilude dizendo que merecemos empobrecer (a caricatura que se vai fazendo da direita). Desde há muito tempo que é claro que vamos empobrecer, seja qual for a saída que se escolha. A discussão é qual o caminho a seguir e quais as suas consequências.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Crítica, Cultura, Economia, Ensino, Política, Prontuário da Crise

A Bolsa é a Vida

Fiz parte do meu doutoramento com uma bolsa parcial do FCT, que me deu durante algum tempo 250 euros mensais para além do meu salário, me pagou as propinas e me deu finalmente um subsídio generoso para a impressão da tese de 750 euros (que por burocracias várias, não relacionadas apenas com o FCT só me chegou um ano e meio depois de a ter impresso). Enquanto recebi a mensalidade, ela foi um alívio financeiro considerável. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Economia, Ensino, Política, Prontuário da Crise

Subculture, The Meaning of Style, 1979

Ando a ler cada vez mais jornais, política e economia, mas desconfio que devia ler ainda mais sobre estética, estilo e cultura. Afinal, defender a cultura argumentando que é boa para a economia é ceder a uma petição de princípio: se aceitarmos que a economia é tudo, só se pode salvar o que for bom para a economia. Mas, fazendo-o, aceitamos que a economia é tudo. E nessa altura o caldo já está entornado. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Apropriação, Crítica, Cultura, Design, Política, Prontuário da Crise

Dar aos ricos para dar aos pobres

Durante esta crise, quem trabalha, trabalhou, ou conta trabalhar, tem apanhado constantemente por tabela. Muitas vezes, nem tem grandes dívidas, não viveu acima das posses, mas apanha por quem o fez. E quando se fala em aliviar o seu sofrimento a ajuda também chega por tabela. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Lançamentos

 

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Notícias Breves, Publicações

Krugman, Keynes e agora até é capaz de haver um K em MerKel.

Pelos vistos, neste momento há uma preocupação entre os protagonista desta nossa crise, que se arrisca a ultrapassar o desespero de salvar o euro: e que é salvar a cara.

O FMI assumiu que as políticas de Austeridade não funcionam. Barroso diz que não é nada com ele: são os Governos quem decide. Merkel agora dá razão a Krugman, Keynes, Grauwe, Roubini e às vozes dentro do FMI por detrás do volte-face de Lagarde. Vai aumentar salários e estimular a economia. Se funcionar vai tornar a nossa vida um pouco mais fácil. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Economia, Política, Prontuário da Crise

Debates

Do programa, só vi isto, mas gostei de cada uma das intervenções dos organizadores das Manifestações de 15 de Setembro, principalmente por terem insistido muito claramente na questão das consequências humanas e sociais destas políticas Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Caras, fresquinhas, barbudas e de pau

A barba. Em caso de dúvida, reparem na barba.

A resposta do PSD ao relatório do FMI tem sido patética. É como um pelotão de execução que lê no jornal que a pena de morte foi abolida, decide telefonar ao governador a pedir esclarecimento mas, pelo sim pelo não, vai fuzilando toda a gente só para mostrar iniciativa (e de certeza que as ordens se aplicam a comarcas onde há menos crime, certamente).

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Economia, Política, Prontuário da Crise

Efeitos Secundários

Para muita gente, o neo ou ultraliberalismo é neste momento em Portugal um falhanço completo. Tão falhado, enterrado e quase tão desastroso como a União Soviética. Afinal, foi a desregulação dos mercados financeiros que começou por provocar esta crise.

Tentou-se resolvê-la passando os prejuízos privados para o sector público, aumentando a dívida e a carga fiscal. O défice resultante é considerado perigoso pelos investidores dentro do contexto Europeu que não nos emprestam dinheiro, encravando rapidamente a nossa economia a um sopro da bancarrota. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Inversões

São tempos curiosos, os nossos. Por exemplo, esta semana foi possível observar uma tendência comum em dois dos meus comentadores de Esquerda favoritos, Daniel Oliveira e Rui Tavares: um elogio à Social Democracia. Não ao PSD, note-se. Cada um dos dois faz essa ressalva de modo mais ou menos discreto – Oliveira avisou para não confundir com o PSD; Tavares frisou que se tratava do modelo escandinavo. Cada um dos artigos liga de modo explícito e bem argumentado a Social Democracia ao projecto Europeu.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Vergonha

Se, em algum sítio do mundo, houvesse uma cordilheira onde, de meia em meia hora, cada uma das montanhas se dedicasse a dar à luz um ratinho, tenho a certeza que os nossos quatro canais generalistas teriam lá equipas de prontidão, preparadas para tudo, de microfone em punho. Portanto, dado o absurdo da obsessão desses mesmos canais pelo directo, já era prevísivel que seja através do Facebook e dos jornais online que se fique a saber do que se passa em frente ao Parlamento. Nem se trata de esconder o que quer que seja, porque – como se disse – há telemóveis com maquininhas fotográficas, há a internet, há a cobertura das televisões estrangeiras e dos jornais; trata-se apenas de mostrar que se pode. Dar ao luxo de não mostrar isto. Alegando talvez interesse nacional. Não mostrar violência. Etc. Bem, hoje os quatro canais assinaram o seu atestado de irrelevância. Ou se mostra o que interessa, ou não interessa. A melhor coisa que fiz este ano foi ter poupado o dinheiro do descodificador de TDT.

Update: Fotos tiradas pela minha irmã (jornalista freelancer/precária)

Filed under: Política, Prontuário da Crise

Serviço Público

Há agora um preconceito contra o serviço público. Mesmo quando é defendido, diz-se por vezes que é um mal necessário, que não pode ser totalmente erradicado, e que portanto mais vale fazê-lo bem. Pessoalmente, não acredito no serviço público como o que sobra de tudo o resto, mas como  suporte essencial de valores como a igualdade, o civismo ou até a ética. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Ética, Crítica, Cultura, Política, Prontuário da Crise

Adhocologia

Outro dia, alguém me perguntou como conseguia eu escrever tanto. A resposta mais óbvia é que faço disso uma prioridade. É, em geral, a primeira coisa que faço quando acordo, e só fico verdadeiramente descansado quando clico no botão azul de “Publicar” do WordPress.

Tudo o resto vem depois. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design

Quem vê caras…

Muito má cobertura no Expresso sobre a nova directora de Serralves (cliquem na imagem para ampliar). Na parte dedicada aos bitaites, ao mexerico e aos restaurantes, mas mesmo para isso seria preciso um pouco mais de cuidado. Por exemplo, porque se gasta meia página numa montagem da fotografia da cara da senhora, photoshopada para parecer uma projecção vídeo de uma composição de Warhol? Porque é fácil? Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arte, Crítica, Cultura, Não é bem design, mas...

A Arte do Protesto

Ontem, no Porto, confesso que a manifestação não me emocionou muito, excepto por uma vaga desilusão. Não havia muita gente. Nem andou perto do 15 de Setembro. Apenas umas centenas de pessoas. E o formato de concerto focava demasiado a audiência nas bandas, nas músicas e nas mensagens que iam dirigindo de quando em quando à plateia, menos na própria multidão e os assuntos que as traziam ali. A música encorajava a audição passiva. Isolava as pessoas mais do que as juntava. Às vezes não é (e não foi) assim – quando as músicas são conhecidas e funcionam como hinos que trazem toda a gente para a mesma comunidade, mas ontem isso não chegou a acontecer de modo sustentado.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arte, Crítica, Cultura, Política, Prontuário da Crise

Outdoor, a ver se cola

Dois dirigentes do PS resolveram fazer um outdoor apelando aos deputados do PSD a votarem contra o seu próprio orçamento. Segundo o Público, pagam a iniciativa do próprio bolso, embora alguns colegas já se tenham oferecido para ajudar.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Política, Prontuário da Crise

Manifestação

Vou hoje à do Porto. Razões: defender a cultura, defender o que é público, defender a dignidade do trabalho, defender a própria ideia de que há direitos (na saúde, na educação, na justiça).

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Design, Política, Prontuário da Crise

Uns sem legendas, a maioria sem filmes

Esta semana saiu uma notícia que a Cinemateca por problemas orçamentais ia começar a cortar nas legendas. Uns tempos antes tinha-se anunciado que o número de sessões iria diminuir. É grave.

Desde que vou mais a Lisboa que só consegui ir lá ver um filme. Tentei várias vezes mas a sala está sempre esgotada. À terceira tentativa falhada, enquanto tomava café no bar (fraco consolo), já brincava que a cinemateca era só uma fachada, um embuste. Não havia sala de cinema nenhuma. Apenas uma conspiração lisboeta para vender cafés a pacóvios como eu. A Cinemateca, de Franz Kafka. Mas não havia conspiração nenhuma: apenas a possibilidade de ver a história do cinema ao vivo por tuta e meia. É grave que se ponha isto em perigo.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Pela Cultura

Esta semana vai haver manifestações pela Cultura. Nem digo contra a troika porque, pelos vistos, o FMI mudou de ideias, Barroso diz que não é nada com ele, e não sobra outra coisa que não o Governo. Portanto, que se lixe o Governo, que se lixe a Austeridade. Que se lixe a política cultural desta gente. Que não existe, porque é feita caso a caso.

Mas vai-se percebendo um padrão: aqui junta-se arquitectura de renome e intervenções artísticas em larga escala como tentativa de equilibrar a destruição patrimonial e ecológica causada por umas tantas barragens; ali, promove-se a trilogia luxo-fado-gastronomia; acolá, usam-se artistas/empresários para produzir instalações gigantes a partir de objectos sofisticados produzidos através da montagem modular de objectos do quotidiano (se possível feitos pelas nossas indústrias).

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Arquitectura, Arte, Crítica, Cultura, Economia, Política, Prontuário da Crise

Desautorizados e Motorizados (Mas bastante pedestres, no fim de contas)

No espaço de apenas um mês, o Governo desbaratou a suposta resignação com que os Portugueses aceitavam a Austeridade; foi desautorizado pelo FMI; por Barroso; e em menos de um dia sai-se com um orçamento inteiramente baseado na tal Austeridade em que já ninguém acredita.

Leia o resto deste artigo »

Filed under: Política, Prontuário da Crise

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico.

Autor do livro O Design que o Design Não Vê (Orfeu Negro, 2018). Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias