The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

É Simples

cocteau

Esta semana houve muita gente que lamentou com pesar uma sociedade como a nossa, capaz de dividir a atenção entre coisas tão importantes como o relatório do FMI, e assuntos menores, trivialidades, como a mala da Pepa e o cão Zico. Como pode uma civilização descer tão baixo? Ou, como murmuram gravemente alguns, em especial os que esperam em filas: as pessoas…ai…as pessoas…

Há várias explicações, todas simples. Nenhuma envolve qualquer descida, antes passos ao lado.

A primeira: como sociedade não é difícil preocuparmo-nos com assuntos muito diferentes, contraditórios até. Somos muitos, o que permite alguma especialização e a coabitação de prioridades distintas sem qualquer contradição.

A segunda: individualmente, o ser humano é perfeitamente capaz de multitasking. Pode-se protestar por justiça social enquanto se discute direitos dos animais e se sonha com uma carteira Chanel. Não é impossível, nem particularmente reprovável.

A terceira: alguns comentadores queixaram-se que a mala e o cão foram mais discutidos que o relatório do FMI. No meu próprio caso, prefiro anedotas que nunca tenha ouvido. Se já as conheço, prefiro as que têm piada.

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Prontuário da Crise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: