The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Corrupção

Há textos dos quais se discorda, há outros com os quais se concorda em parte. Com este, do Daniel Oliveira, concordo em praticamente tudo. Acrescentaria apenas que o processo de tornar o Estado o mais fraco possível, a sua privatização, me parece cada vez mais uma forma sistemática e sistémica de corrupção. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica

Franquelim, my dear, I don’t give a damn

Comecei a escrever este texto pelo trocadilho fácil, mas percebi que a analogia é muito, muito ajeitadinha. Rhet Butler é o país, Scarlett O´Hara é Passos. Estão casados há anos mas ela gosta de outro (a Europa, Merkel, Ulrich, etc) e faz trinta por uma linha. Há centésima treta, ele vai-se embora. E é assim que acaba E Tudo o Vento Levou. Será que o nosso vendaval também pode terminar assim?

Filed under: Crítica

Francisco e Fernando

Imaginem que havia um banco exactamente igual ao BPI, o BPII, chefiado por um hipotético gémeo de Fernando Ulrich, o Francisco, igualzinho ao irmão, excepto por um pormenor: não sofre do Síndroma Social de Tourette (ou, mais exactamente, de Marie Antoinette), da mesma compulsão para dizer alarvidades cada vez mais ofensivas numa base semanal. Tudo o resto seria exactamente igual, excepto isto. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Crítica

Dia da Marmota

groundhog day

E para cumprir a tradição: hoje é Dia da Marmota e o vigésimo aniversário do filme. Quem nunca o viu devia ser condenado a viver o mesmo dia, uma e outra vez, até ver finalmente o filme, claro. Quem já tiver visto e quiser um sucedâneo com alguma piada, experimente ver Day Break, uma série de televisão de Série B onde um polícia acusado injustamente de um crime acorda sempre no mesmo dia – um cruzamento do 24 com o Groundhog Day.

 

 

Filed under: Crítica

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico.

Autor do livro O Design que o Design Não Vê (Orfeu Negro, 2018). Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias