The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Sempre a mesma coisa

Outro dia fui assistir a uma conversa sobre fotojornalismo em tempos de crise (organizada pela STET e pela Ghost, com a presença de António Júlio Duarte,João Pina e Pedro Letria). Houve um debate para o fim sobre o declínio desta profissão, sobre ter que pagar do próprio bolso o trabalho mais interessante. É uma discussão que, com pouco retoque, poderia ser aplicada ao design, à arquitectura, à arte, à literatura.

Não se trata, julgo eu, de dizer (como sempre se disse) que o melhor trabalho tende a não ser apreciado pelo mainstream, demorando algum tempo a ser aceite, mas de algo mais preocupante: de haver cada vez menos dinheiro para fazer algo que interesse em todas as áreas.

Tive que sair a meio. Não sei como continuou a discussão, mas a minha opinião é que essa falta de dinheiro não se deve à internet ou à falta de interesse do público, mas muito simplesmente a uma má distribuição de rendimentos. Ganha-se muito dinheiro no topo das hierarquias e muito pouco, cada vez menos, por baixo. Gasta-se muito dinheiro a administrar, a gerir, a curar, a especular, e cada vez menos a produzir conteúdos.

Resolve-se o problema recorrendo a estagiários, a amadores, etc. mas ao fim de algum tempo acaba por se ter a qualidade pela qual se está disposto a pagar. É a lei do mercado.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: