The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Obediência Civil

Parece impossível que se tenham realizado exames nacionais de utilidade duvidosa, com os quais pouca gente concorda, sobretudo os professores, uma classe cada vez mais sobrecarregada, precária e humilhada, que perderam uma boa oportunidade para fazer greve precisamente na altura em que isso faria diferença. Diz-se que seriam os alunos os principais prejudicados. Mas eles já são prejudicados todos os dias por um sistema que deliberadamente piora até ao absurdo (e não falo só do ensino).

Acatar ordens injustas é ser cúmplice. (E aqui sobre a mesma coisa no ensino superior)

Anúncios

Filed under: Crítica

3 Responses

  1. Diogo diz:

    Pior do que a realização destes exames, é o reflexo do peso dos burocratas no ME nas normas de realização. A título exemplificativo, as crianças do 4º ano têm de assinar, à entrada, um termo de responsabilidade em que não levam telemóvel, têm de preencher o cabeçalho com o número do cartão de cidadão, o nome completo e a assinatura (imagino-me sempre nessa idade a fazer assinatura que ocupam um espaço imaginário, cheia de estilo), só podem usar uma caneta de tinta “indelével” preta que não pode esborratar, sob pena de anulação da prova e nem lanche podem levar, penso eu que com medo que no meio do chocolate vá alguma cábula!

    • Nuno diz:

      Nunca fizeram exames? Não vejo qual é o problema: como tudo, a aplicação de em exame tem pontos positivos e negativos, não há que radicalizar. Quanto ao lanche… e o intervalo, para que serviria?

  2. Sim já fizemos exames, na respectiva idade, 4 ano, um teste de aptidões para rever a materia e saber se estariamos aptos, seria bem melhor, sei que toda a gente acha que cada vez os miudos crescem mais rápido, mas também existem tempo para os deixar ser crianças, e no 4 ano colocar tanta responsabilidade numa criança é quase como dizer, ao 5 ano já vais votar. Existe um tempo para ser crianças e ser irresponsáveis, e um tempo onde aprendemos o quanto implica a responsabilidade e como eramos uns afortunados quando não nos preocuavamos com isso.
    Não sei se o ressabiador já viu a foto de parte de um desses exames que anda a circular pela net, onde colocam uma pergunta sem pés nem cabeça. Supondo que a foto é verdadeira, visto que foi colocada por um parente, e eu sou daquelas pessoas que um dos amigos partilhou directamente desse parente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: