The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Pois

Deixem-me ver se percebi. O Governo quer despedir um monte de professores porque é preciso cortar na despesa não essencial. Os professores fazem greve a um exame. O Governo diz que isso prejudica os alunos. Tenta convocar serviços mínimos durante a greve. Ora, os serviços mínimos durante uma greve são aplicáveis a questões por natureza urgentes – como no caso dos bombeiros ou dos médicos, por exemplo – não se pode adiar um incêndio ou um apendectomia. Esse é o entendimento do tribunal que indeferiu os tais serviços mínimos. Passos não se conforma e muda a lei dos serviços mínimos. Ou seja, o tribunal diz que o ensino não é suficientemente urgente e essencial para justificar serviços mínimos. O Governo discorda e diz que o ensino é absolutamente urgente e essencial. De modo a que possa despedir um monte de professores porque quer cortar na despesa não essencial.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: