The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Tinta Azul

iain1

Ando a ouvir o meu primeiro audiobook. Decidi-me por Excession, de Iain M. Banks. Está a ser uma boa experiência, com o narrador a dar espessura cómica a todas as vozes. É como ouvir uma peça de rádio. Em relação aos livros tem a vantagem de se poder ouvir na rua e deixar as mãos livres.

Escolhi o livro em  parte por homenagem a Banks que morreu recentemente. Na altura não pude senão deixar-lhe um breve post. Entretanto lembrei-me de há uns tempos ter comprado uma primeira edição de uma das minhas histórias favoritas, The State of the Art, porque a capa era bonita a lembrar as dos Duran Duran e porque era barata, tanto como uma edição nova. A fonte usada, que me parecia familiar, é a mesma da do logo dos Black Flag.

iain3

Nas costas aparece Banks, magro, novo, com um daqueles coletes com muitos bolsos que os jornalistas e certos escritores gostam de usar.

iain2

O livro vinha autografado. E agora que o autor morreu é estranho pensar naquele percursozinho de tinta de esferográfica azul. Tenho outros livros assinados, mas este, de alguém que morreu ainda agora parece um pouco mais comovente.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: