The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Dantes havia tv a cores, agora há tv cor-de rosa.

Apanhei a polémica da entrevista de Judite de Sousa ao jovem milionário Lorenzo enquanto estava quase sem rede no Alqueva. Pelo que percebi muita gente  achou que  a agressividade da jornalista seria melhor empregue a entrevistar banqueiros ou gente como Passos Coelho ou José Eduardo dos Santos.

Só vi a peça hoje.

No fundo, isto acaba por ser o Martim, o Emprendedor das T-Shirts, em versão 2.0 Premium Gold, excepto num pormenor importante: concordando-se ou não, o Martim estava no sítio certo, o Prós e Contras, a debater um assunto pertinente.

Neste caso temos um jovem milionário no Jornal das 8 simplesmente porque é um jovem milionário e se parece com um. Não chega. Foi um momento de preconceito tão mau ou pior que toda a baba que se despeja nas celebridades.

Sinceramente, não quero saber o que um herdeirito faz ou não faz: não me interessa na versão cor-de-rosa e não me interessa na versão grande reportagem e interessa-me ainda menos na versão entrevista. Haverá sempre gente com dinheiro mas adorava olhar para um ecrã de televisão e não estar sempre a apanhar com “famosos” e “ricos” e etc. Não me interessa a caridade que fazem ou deixam de fazer. Fixe para eles e para quem a recebe. Dito isso: quero que se fodam os “ricos” e os “famosos”.

Deles, interessa-me sobretudo que paguem os seus impostos e que os paguem na proporção que muito evidentemente podem (e que não andam sequer perto de pagar).

Nos velhos tempos, dir-se-ia que o que um rico gasta um pobre também ganha, mas agora é cada vez menos  provável que esse dinheiro escorra até aos bolsos de alguém que trabalhou para fabricar a ostentação que nos é apresentada constantemente como se fosse inevitável.

Nesta coisa da ostentação pública são precisos dois para dançar o tango: adorava que a directora de informação da TVI Judite de Sousa fosse tão agressiva a questionar (se possível em público) o director de informação da TVI que achou boa ideia dar ainda mais tempo de antena a essa classe tão menosprezada que são os fantasticamente ricos de Portugal.

Anúncios

Filed under: Crítica

One Response

  1. …ou pedir um comentário à D. Judite sobre aquela foto sua com um grupo de amigos / familiares no bailarico do fim do ano no Brasil…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: