The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

O Estágio Seguinte da Evolução

Ontem, apareceu no P3 um artigo sobre um estagiário do Bank of America Merryl Lynch que se teria, literalmente, morto a trabalhar. Ninguém sabe muito bem quem era, excepto que trabalhou cerca de 72 horas seguidas e que poderá ter sido isso que o matou. Acrescenta-se que é comum os estagiários daquele banco fazerem mais de 100 horas por semana. E nem é um mau estágio porque recebem mais de 3000 euros por mês.

É mais comum não se receber nada por horários semelhantes. E, como revela o livro Intern Nation, o bónus é não ter direitos nenhuns. Referem-se vários casos de assédio sexual sobre estagiários que não podem fazer nada legalmente porque a lei americana só identifica um trabalhador como tal pela remuneração que recebe. Se não recebe nada, não é um trabalhador.

Aqui em Portugal há leis que regem os estágios, mas percebe-se logo que pouca gente lhes presta atenção. Muitos dos anúncios de estágio publicados por empresas descrevem situações ilegais, o que permite a denúncia por parte de plataformas como o Ganhem Vergonha, mas como o próprio nome deste site indica pouco resta para além da indignação ética.

E, claro está, a maioria dos empregos parecem-se cada vez mais com estágios. Esta semana voltou a falar-se nas redes sociais da jornalista italiana que recebe 70 euros à peça para ser correspondente numa zona de guerra e que já foi baleada, raptada, etc. A minha própria irmã, jornalista em Israel, já trabalhou por menos de trinta euros a peça.

Como se espera que uma sociedade assim consiga aguentar-se como uma sociedade é um mistério para mim. A ideia de Contrato Social assenta metaforicamente sobre a ideia de contrato. Quando já praticamente não há contratos, como se pode sequer falar de contrato social?

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: