The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Gradações

Hoje vou andar a escrever outras coisas, portanto se quiserem ler alguma coisa substantiva, experimentem ler o texto que postei ontem até ao fim. É uma espécie de teoria crítica sobre o que pode ser (e tem sido) uma arte política (incluindo design). Foi um dos textos que mais gostei de escrever no ano passado, juntamente com o Bicho do Buraco.

O que estes textos têm em comum é o seu tamanho relativamente grande e terem sido escritos para serem publicados em revistas (a Nada no primeiro caso, o Jornal O Buraco no segundo).

É gratificante escrever para revistas e livros, porque permite estes textos mais longos. O defeito é serem menos públicos. Publicar em papel, na maioria dos casos, garante que um texto vai ter muito poucos leitores. Assim, se tenho um assunto que preciso de testar, de perceber como soa dito em voz alta, de perceber como me sinto ao declarar algo publicamente, prefiro em algumas ocasiões fazê-lo em papel, porque tenho a certeza que será bastante menos acessível do que aqui, na internet.

 

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: