The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Ir para fora cá dentro

Os números que anunciam a melhoria são mínimos. Tirando o optimismo do Governo, pouca gente os terá visto. A economia cresce mas os salários descem e os impostos sobem. A economia cresce para meia dúzia de pessoas que já não eram pobres quando tudo isto começou. O emprego cresce mas é mais precário e pior. Para a maioria do país acreditar ou duvidar da economia é o mesmo que torcer ou não por uma equipa de futebol – tirando a sensação de ganhar ou perder, não tem efeito nenhum sobre a sua vida. A sensação de pertencer a algo maior, a uma economia, a um país, é só mesmo isso: uma sensação. Não interessa quem ganha ou perde. Cá fora, fica tudo na mesma – ou seja, vai piorando. E, aos poucos, há cada vez mais “cá fora”. Cada vez mais gente nas margens. O triunfo do Governo depende de ir aparando o que corre mal, o que dá trabalho, o que fica mal na foto. Desde o começo que o discurso oficial lamenta os desempregados ou a pobreza mas sublinha tudo o que corre bem para além disso – na realidade, por causa disso. É como se vivêssemos em dois países, um que cresce cada vez mais, vai ficando mais pobre e desintegrado, e outro que vai reduzindo enquanto enriquece brutalmente.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: