The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Cinco anos de design em tempos de crise

bf-09-promo-1

 

Faz esta semana cinco anos que o Design em Tempos de Crise foi lançado, aqui no Porto, no Passos Manuel, num dia muito frio de Janeiro (de manhã até nevou). A primeira edição (com a borda das páginas vermelha) esgotou na primeira semana, a segunda (verde) aguentou-se mais uns meses. Anos depois ainda se apanhava um ou dois exemplares à venda, agora não sei. Todos os textos estão na net, aqui no blog.

Todos eles foram escritos muito antes do resgate, da Troika e do resto, e já contavam as aventuras de um design empreendedor (ou precário, para muitos é o mesmo), ao serviço da privatização do Estado Social, etc. Se tinha algumas virtudes, não foi adivinhar o que aí vinha, mas de fazer uma crítica de uma sociedade que já era neoliberal sem o saber ainda.

Cinco anos depois, só me resta acrescentar que esta crise não nos trouxe o neoliberalismo, foi-nos trazida por ele. Ele não veio resolver problemas anteriores, trinta anos de um país acima das possibilidades, mas acompanha-nos há bem mais tempo do que isso. É possível ver traços da sua presença na própria história do design português (tenho escrito sobre isso para outros lugares que não o blogue). Uma das maiores injustiças desta crise é verificar que está a ser “resolvida”  por um refinamento das piores tendências e pelas mesmas pessoas que a provocaram.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: