The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Resoluções de Ano Novo

Sim, tenho resoluções de ano novo, mas antes de dizer quais são prefiro fazer-lhes uma rodagem para ver se servem, daí escrever sobre elas agora, no começo de Fevereiro. A minha psicóloga dizia-me que a decisão de mudar só funciona quando de algum modo já mudámos. É uma admissão, um reconhecimento, que confundimos com uma decisão. Por outras palavras, e como já li em qualquer lado, quando o aluno está pronto, o mestre aparece.

Neste caso, a minha resolução é simples: ser o mais agressivamente não-competitivo possível. Numa sociedade que se reconstrói à volta da competitividade e da concorrência, que assume que tudo o que não está a competir é fraco, quero demonstrar que se pode lutar sem competir, por direitos de outros, mesmo que não os nossos, lutar contra a própria competição. Lembro-me de Roland Barthes encarar a neutralidade, não como um estado passivo, mas como uma dinâmica. Dava o exemplo de um jogo cujas regras eram subvertidas de modo a que não houvesse vencedores mas um empate constante. Quem vencesse, perdia.

Anúncios

Filed under: Crítica

One Response

  1. “Fiz da minha vida um jogo de uma periculosidade tão íntima, tão cordata, que a minha morte ainda que lenta, natural,não poderá ser mais que um assassinato inscientemente premeditado, de que vos ilibo. Ah, o ar da colina planando alto não tem generosidade, respirai compassadamente a escassez, a orla do íngreme.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: