The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Férias

Não suporto quem se orgulha de trabalhar à hora das refeições ou nas férias. Quando o faço, é por necessidade, incompetência minha ou alheia. É um remedeio, e como tal não deve nunca ser uma filosofia de vida. Não marco trabalhos para férias aos meus alunos tal como não espero que me mandem trabalhar nas férias. Se o faço é por escolha minha e de mais ninguém. Há poucas coisas que me irritam mais do que mails a pedir papelada a meio das férias ou a estipular o último dia de férias como o prazo final para a entrega de qualquer coisa. Gente que tem tão pouco respeito pelo tempo e pela liberdade dos outros enerva-me mais do que os chico-espertos que passam à frente nas filas para o autocarro.

Anúncios

Filed under: Crítica

2 Responses

  1. Infelizmente, nas empresas, essa tornou-se uma pratica corrente. Alimentada até pelos próprios colaboradores com medo de perder o lugar. O desrespeito pelas ferias começa geralmente na gestão de topo… Há anos estava em Berlim, em Julho, durante as ferias, exactamente no Check point Charlie, quando me liga o CEO da minha empresa a perguntar algo. Ficou muito admirado quando disse que estava em Berlim, que estava de ferias, que resolvia quando regressasse… Lembro-me dele perguntar varias vezes “mas estas de férias !?!?” como se fosse inacreditável.

  2. renatacandeias diz:

    workaholics aren’t heroes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: