The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Porto cheio, Porto vazio

Ontem fui ao Serralves em Festa, que é gente por todo o lado, em todas as direcções, a fazer tudo. É daquelas alturas, como as inaugurações da Miguel Bombarda onde a cultura parece que vibra mas também engana quem venha de fora só para isso. Fica a ideia de uma cidade viva, activa. Contudo, ainda ontem, fui nadar num centro comercial em pleno centro que, tirando o ginásio, está fechado. Atrás de um percurso demarcado por fitas as lojas estão apagadas; uma barra metálica improvisada tapa os botões do elevador que não são para usar. Também tentei ir à loja de BD do Brasília e o próprio centro comercial está fechado. Não há imagem melhor para o declínio da sociedade de consumo.

Por outro lado, voltando a pé para o centro percebem-se dezenas de novas lojas (algumas delas abertas ao Domingo). A maioria são restaurantes ou botecos gurmê. A antiga livraria Livros do Brasil é agora uma hamburgueria vegetariana; mesmo ao lado, parte da Leitura encerrou (aquela onde foi a exposição de fotografia do Lisboa Cidade Triste e Alegre ainda na década de 1959) e pelo que percebi vai ser um salão de beleza.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: