The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Inércia

Havia uma artista, acho eu, nem me lembro com clareza do género, que reconstruía em galerias um momento da explosão de um casebre de madeira, cada fragmento pendurado na posição certa por fios translúcidos, a nuvem de lascas ainda a manter alguma semelhança com a forma de uma casa. Outras vezes é a filmagem ao ralenti de uma bandeja a cair das mãos de um empregado de café, as chávenas, pires, açucareiros conservando ainda a sua ordem antes de se estatelarem no chão. Finalmente, o coiote dos desenhos animados a correr para além da borda do precipício, pernas a pedalarem no ar, momentos antes de se aperceber que vai cair.

Com esta crise vivemos constantemente num momento de familiaridade mantida apenas pela inércia, momentos antes de tudo se desfazer. E o momento seguinte é o mesmo, mais desconjuntado, mais desfigurado, mas ainda familiar.

Tomam-se medidas que secam os dinheiros das escolas ou da saúde, e espera-se que tudo isso continue a funcionar apenas por hábito e por medo. Tomam-se medidas para estimular a emigração, por exemplo, as pessoas vão embora, mas espera-se que estejam disponíveis, que voltem, que um fio cada vez mais invisível ainda as prenda aqui.

Há uns tempos alguém emigrado no facebook recomendava um livro em alemão e senti nesse momento que era pouco provável que todas essas pessoas voltassem – uma coisa é saber outra é sentir. Se fosse inglês, francês ou castelhano ainda disfarçava, mas ficção em alemão (ou finlandês ou japonês), para mim, pelos vistos e surpreendentemente, já confirma uma distância irremediável.

Anúncios

Filed under: Crítica

One Response

  1. As fotos de Todd Mclellan (http://www.toddmclellan.com) também são uma boa metáfora. Ao contrário da tese da Gestalt, para este governo o todo nunca é mais do que a simples soma das partes. Por isso, um telefone assemblado ou com todas as suas partes isoladas, será sempre um telefone. O mesmo se passa com uma escola ou um hospital em que um professor ou um médico fragmentado por 10 ou 100 alunos ou doentes se espera que tenha sempre o mesmo desempenho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: