The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Harry Potter

Há uns anos participei num painel com um dos activistas do Exército de Dumbledore, que vão fazendo muito do subvertising mais interessante e interventivo que se vê por aí. Fazem grafitti, modificam anúncios publicitários, etc. No final, alguém das artes perguntou-lhes (salvo erro) o que pensavam fazer quando ou se o seu trabalho fosse para um museu. É uma preocupação comum nas artes, em particular naquelas que se raspam com a política: ir para o museu implica uma legitimação ou aceitação institucional que contradiz ou anula o carácter revolucionário, crítico, anárquico, etc. de certa obra, autor, evento. Lembro-me de ter pensado: “Eles têm um nome sacado do Harry Potter. Não me parece que estejam a contar ir parar a um museu de arte contemporânea.”

Advertisements

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: