The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Bes Photo? Bes Farto!

Muita gente se interroga sobre o que vai acontecer ao Bes Photo depois desta confusão toda. Para mim, seria melhor perguntar porque aconteceu de todo.

O mecenato, como calculo seja o caso do Bes Photo e outras iniciativas do género, não é desinteressado. É feito em troca de alívio fiscal. No caso de entidades muito ricas, trata-se de gente ou empresas que, dentro do nosso sistema muito desigual, já paga relativamente muito poucos impostos. E que, repare-se bem, apesar de não pagar por isso, toma decisões que afectam a vida de todos os portugueses – como se vê bem no caso Bes. Ou então, manipula directamente as decisões governativas através de tráfico legal ou ilegal de influências.

Esse tráfego não acontece só quando se trata de decisões políticas mas também nas decisões culturais. Por exemplo, quando o Estado decide investir menos em cultura, estimulando o mecenato através de incentivos fiscais, na prática está a pagar (o que receberia em impostos) a entidades privadas (que já por si pagam poucos impostos) para tomar decisões em vez do próprio Estado quanto ao investimento cultural.

Não admira que boa parte da nossa cultura seja irrelevante politicamente ou então se dedique muito directamente a celebrar a desigualdade e o Estado a que isto chegou.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: