The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Isto não é mistério nenhum

Desde há uns anos, no genérico final dos filmes de Hollywood avisam que nenhum animal foi maltratado durante as filmagens. Seria tão bom se avisassem que todos os seres humanos que lá trabalharam foram pagos pelo menos um salário mínimo. Utópico, eu sei.

Eu não preciso de “cultura” se isso implicar ver muito dinheiro gasto à volta de coisas feitas por gente a trabalhar de graça. Para isso, prefiro coisas mais simples: ir ao facebook, ler um blog, conversar com amigos, ver e ouvir o seu trabalho. Também não me chateia nada escrever para aqui. Enquanto o faço não tenho outro patrão que não eu mesmo.

Mas ir a um museu ou um evento qualquer, sítios e ocasiões que obviamente custam a manter, para ver o trabalho gratuito de gente viva, é pior do que ir a um zoo, onde pelo menos há uma consciência do que se passa, um dilema moral simplesmente por estar lá.

Não preciso, nem quero museus (ou outras instituições) se forem dedicados à monumentalização de trabalho gratuito. Isso pode ser a cultura de alguém mas não é a minha.

Advertisements

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: