The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Original

Por questões de trabalho, ando a investigar a história da banda desenhada em Portugal. Nunca me tinha dado para ver o que se fazia no século XIX (não eram exactamente quadradinhos – a maioria das convenções eram distintas). Mas o que me diverte mais é o modo como, recorrentemente se vai  provando que uma suposta primeira banda desenhada portuguesa era na verdade o plágio ou a cópia assumida de um original inglês, francês ou alemão.

Anúncios

Filed under: Crítica

2 Responses

  1. Mistr Red diz:

    Será desta que a BD vai ser cadeira estudada na FBAUP? Depois de desenho, escultura, pintura, ilustração, design, vídeo, multimedia, fotografia, audio, web design, animação, cenografia, mosaico, impressão, performance, cinema, vitral, cerâmica, modelação 3D, têxtil, …

  2. Cat diz:

    O mesmo se passou noutras áreas criativas (na falta de melhor palavra) – talvez consequência do extremo isolamento a que estávamos tristemente votados. É só uma hipótese, não estou certa que seja a única justificação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: