The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Montras

Quando a Sá da Costa estava para fechar no Chiado, lembro-me de se defender que deveria ser classificada como tendo interesse público, de modo a que não mudasse de ramo. Entretanto reabriu, ainda tem livros lá dentro que vende a quem queira, mas alguém já me disse que o negócio é outro – nem me lembro qual. Os livros só servem portanto para cumprir a letra da lei. Adivinho que muitos novos estabelecimentos gurmê mantêm um pedaço simbólico dos antigos negócios das lojas que ocupam pela mesma razão. O património reduz-se a um problema interessante para ser resolvido pelos designers de interiores.

Comecei o ano lectivo há pouco mais de uma semana e é quanto basta para perceber que com o “ensino superior” é o mesmo: a universidade já quase  só se mantém como uma decoração de montra para iniciativas de “investigação aplicada” com “valor de mercado”, para estágios, para incubadoras de empresas, para uma mania da avaliação constante que se traduz apenas na produção de verborreia sem sentido e conferências a metro, das quais pouca gente se lembra dez minutos depois de terem acabado.

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: