The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

E, já agora:

A propósito dos dois últimos textos: é cansativo repetir, mas quando eu falo do comissariado como uma elevação da gestão do trabalho a uma estética não estou a denunciar que o comissário A é muito mau ou que o B é um Tio Patinhas. Por favor não me moam a cabeça com a lenga lenga do também há comissários bons, etc. Estou a falar de tendências. É a mesma coisa que falar-se da mudança de paradigma dos Descobrimentos inaugurarem uma séria de relações de poder entre populações que alterou completamente os modos de vida e aparecer alguém a dizer que não se pode andar a dizer coisas dessas porque conheceram o Diogo Cão e era boa pessoa, de Vila Real, e oferecia bolinhos por onde passava.

Advertisements

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: