The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

A Cultura da Espera

Ouvi na última quinta feira no auditório das Belas Artes a Martha Rosler a falar de política, a propósito da sua obra, e das relações entre a sua encenação e o poder político local, e em geral, de Bush, de Krugman, de Piketty. Abriu a conversa com um cartoon, parte de uma obra apresentada salvo erro em Berlim, satirizando o domínio da Merkel e Sarkozy sobre os Piigs.

Por cá também há arte política embora a “preferível” seja sempre aquela que é elogiada pela crítica como problematizando ou enfrentando “temas políticos sem contudo ser panfletária” – no fundo uma maneira de traduzir o status quo para uma actualidade onde se espera que a arte seja política. Ora, esse status quo tem sido desde há décadas o mais apolítico possível. A arte contemporânea portuguesa não estava nem está minimamente preparada para a crise.

Infelizmente para a maioria deles, a identidade do artista português ocupa agora a mesma zona que os palestinianos, iranianos, sírios, africanos: mesmo que façam macramé ou composições geométricas, assume-se sempre que isso será de alguma forma político, nem que seja uma forma de resistência, de reencenar os problemas internos da arte num território adverso – o que não é a mesma coisa que contribuir para mudar alguma coisa, nem que seja as simples condições da sua prática.

Dito de outro modo, e recuperando uma metáfora de Rosler, a arte contemporânea de topo tende a funcionar como uma máquina de produzir arte, independentemente do seu contexto. Quando muito, pinta-se a engenhoca com um camuflado ou umas cores mais “políticas” se o evento ou o comissário assim o exigirem.

Na prática, é uma arte perfeita para os tempos que vivemos, onde a intervenção política por parte dos cidadãos é residual e derrotada, limitando-se a uma espera tensa pelas próximas eleições. É uma arte que espera que as coisas melhorem, sem fazer nada de substancial por isso.

 

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: