The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Culpar a vítima

Tenho muita pena de não ter ido ontem à manifestação de apoio à Sara Vasconcelos, ao que tudo indica agredida por um taxista porque beijou outra rapariga na boca. Há quem ache que não pode ter sido só por isso, que deve ter havido mais qualquer coisa, que a história está mal contada. A isso, só posso garantir que sim, há gente insultada e agredida regularmente por coisas destas.

E também posso garantir que das coisas que mais magoam quando se é agredido por um imbecil qualquer de repente ao acaso  sem qualquer razão ou provocação é ter que andar a ouvir gente a dizer que não pode ter sido só isso, que estávamos a pedi-las, etc. O que isso significa é que alguém decide dar-nos porrada e ainda temos que gramar com os que acham que deve haver sempre dois lados para a questão, que há sempre uma simetria qualquer entre agressor e agredido. No fundo estão a dizer que o imbecil não só nos agrediu como ainda nos fez descer e ficar ao seu nível aos olhos de todos. E isso é tão mau como ter sido agredido, garanto.

Anúncios

Filed under: Crítica

One Response

  1. Miguel diz:

    Ou seja não percebeste nada, inteligente que sejas e que te considero como tal.

    É um crime. (ponto). Não é um crime homofóbico. (ponto)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: