The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Os Falsos Empregos

Quase todos os meus amigos Nova Iorquinos são artistas, quase todos têm três ou mais empregos para além disso, que consideram a sua identidade – ao emprego que paga as contas e que pode não ter nada a ver com arte, um deles chamava o “fake job”. Os outros empregos são mais pequenos. Um deles já tinha feito “house sitting”, vivia no apartamento de artistas europeus com mais posses. Outros trabalhavam numa firma que fazia art handling para gente muito rica. Quando a Jennifer Lopez ou alguém do género precisava de pendurar um poster em casa, contratavam-nos. Outros davam aulas e trabalhavam em galerias e em grupos de teatro. Nos seus estúdios pintavam, trabalhavam o metal com electrólise, um deles restaurava motas. Viviam em apartamentos pequenos em Brooklyn, com arte nas paredes velhas e casas de banho minúsculas sem lavatório (usava-se o da banca da cozinha) e uma banheira atarracada de cerâmica branco-cinza. Discutiam com frequência os novos empreendimentos da vizinhança que, mais dia menos dia, iam fazer subir as rendas e obrigá-los a procurar casa mais longe em bairros ainda um pouco selvagens, Bushwick, Bed-Stuy. Lembravam-se de quando a sua rua ainda era assim; agora da estação de Metro já praticamente só saíam hipsters apunkalhados, raparigas e rapazes sisudos de óculos escuros e roupas a preto e branco. Enquanto os ouvia a debaterem a história de alguém que tinha alugado um estúdio por um preço pouco provável ou de alguém que tinha perdido a casa e desaparecido, era difícil não os admirar, a amplitude dos seus quotidianos, divididos por meia dúzia de empregos, e todo o seu território, todas as suas posses concentradas numas poucas dezenas de metro quadrados.

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Mário Moura em Occidente, 1889
Augusto José em Occidente, 1889
Francisco Choupina em No Terraço
Marco em Onde
Candeias em Boletins

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: