The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Políticas Culturais

Já o ouvi em ocasiões bastante distintas de gente muito diferente: se o Ano do Design tem encontrado regularmente o seu financiamento associando-se a entidades que custeiam os eventos (desde os 40 anos do 25 de Abril até Israel), onde é que anda o seu orçamento próprio (havia um orçamento, não é?)

Procurar financiamento para além do Estado é o que se espera deste Governo (não que concorde), mas o resultado tem deixado a desejar do lado da transparência. Veneza tem sido um exemplo recorrente desta incapacidade para dizer números e processos de decisão em voz alta (falo do ano de Joana Vasconcelos mas também desta edição mais recente).

Neste governo chateia o desinvestimento na cultura; chateia ainda mais a concentração de meios numas poucas ocasiões e iluminados, sem que se perceba como ou porquê ou com que consequencias.

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Mário Moura em Occidente, 1889
Augusto José em Occidente, 1889
Francisco Choupina em No Terraço
Marco em Onde
Candeias em Boletins

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: