The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

De cada vez

Não me interessa quase nada a crítica enquanto a avaliação de certo objecto, evento ou pessoa. Talvez nos jornais isso ainda valha a pena. Aqui, por exemplo, não vale a pena. Sempre que possível evito o papel de guia de consumo. Uma ou outra vez, alguém lê um livro que eu aconselhei e diz-me que não gostou (ou coisa do género). É natural; não era exactamente do livro que eu estava a falar mas da sua intersecção com os meus interesses. Não falei dele para dirigir alguém para a sua leitura mas para concretizar uma opinião. Dito de outro modo: é um desperdício ter uma opinião apenas sobre uma coisa de cada vez.

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Mário Moura em Occidente, 1889
Augusto José em Occidente, 1889
Francisco Choupina em No Terraço
Marco em Onde
Candeias em Boletins

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: