The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

É tudo verdade/mentira!!!!

Coisas que me consolam de uma maneira que não percebo: 1) Saturday Night Fever (1977),o filme que lançou Travolta, vestido de branco, tacão alto, a rodopiar e de dedo apontado para o tecto, foi adaptado para cinema a partir de um artigo de Nick Cohn na New York Magazine. Cohn era um jornalista musical inglês, um pintas, habituado a cobrir as subculturas do seu país. Não percebia nada de Nova Iorque, não tinha tempo ou pachorra para pesquisar. Inventou tudo. A iconografia cinematográfica do Disco é a cópia de uma falsificação. 2) A subcultura inglesa dos Skinheads adorava os livros que o escritor Richard Allen lhes dedicou, ficção urbana, edgy, cheia de pormenores sumarentos e coisas que só um skinhead a sério podia saber. Usavam os livros como uma espécie de guia de conduta. Ora o nome verdadeiro de Allen era James Moffat, um canadiano especializado na escrita a metro. Escrevia à vontade uma dezena de livros por mês, policiais, coboiadas, punks ou skinheads não fazia muita diferença: um mistério, um herói introspectivo, uma donzela e uma pistola/espada/doc martens. Vivia numa cidadezinha à beira-mar.

Filed under: Crítica

2 Responses

  1. mitos urbanos diz:

    “o mitra que lê”

    ( :p *)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Mário Moura em Occidente, 1889
Augusto José em Occidente, 1889
Francisco Choupina em No Terraço
Marco em Onde
Candeias em Boletins

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: