The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Devolver a bola

Não, não acho que a “curadoria seja a nova crítica” como disse Pedro Gadanho há uns anos. Também não acho que a investigação, académica ou não, seja na grande maioria dos casos crítica. Porque não? Porque lhes falta uma condição essencial. Tudo o que é posto a público – objectos, eventos, discursos, etc. – são como perguntas retóricas. Pouca gente espera que lhes respondam. A crítica agarra na pergunta retórica e responde-lhe. Devolve do escuro a bola que ninguém espera de volta. Fá-lo o mais rápido possível porque se trata de um jogo – há ensaios mais pensados, há a teoria, mas se as coisas estão a ser bem feitas, isso é apenas treino, coisas que se praticam lentamente para que, no calor do jogo, venham por insitnto. Devolve-se a bola assinada pelos grandes e guardada cerimoniosamente numa redoma e devolve-se a bola atirada fora, para o lixo, porque excepto o crítico se acha que é feia, velha ou demasiado nova.

As exposições não respondem assim umas às outras. A investigação académica às vezes fá-lo, mas pouco.

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Comentários Recentes

Mário Moura em Occidente, 1889
Augusto José em Occidente, 1889
Francisco Choupina em No Terraço
Marco em Onde
Candeias em Boletins

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: